Qual a Função dos Rins e como eles Funcionam? Onde Ficam

Qual a função dos rins? Onde eles ficam exatamente? Nesse artigo você saberá absolutamente tudo sobre os rins!

Por mais sofisticado e complexo que seja o processo, a função básica dos rins é a de filtrar o sangue. Mas a separação e a eliminação de impurezas sanguíneas não se processam mecanicamente, como na vela de um filtro de água. Os rins recolhem sais e resíduos catabólicos do sangue, por meio de uma filtragem osmótica e hidrostática.

O processo osmótico apresenta certas características surpreendentes. Se meio litro de água fortemente salgada for posto em contato com meio litro de água pura, depois de algum tempo se obterá um litro de água uniformemente salgada, mesmo que não se agite a mistura. As partículas da solução salina, num processo espontâneo e lento, irão se infiltrando na água pura, até impregná-la por completo.

rins

Se uma membrana porosa for interposta entre os dois líquidos, ainda assim a solução salina passará por ela para ir difundir-se na água pura. Depois de algum tempo, o teor de sal de ambas as soluções será uniforme. Esse fenômeno, responsável por todo o equilíbrio fisiológico do organismo, chama-se osmose.

Se uma célula for imersa em determinada solução, esta poderá manter-se inalterada, se tiver pressão osmótica igual à do líquido encerrado dentro da membrana celular; nesse caso, diz-se que a solução circundante é isotônica.

Se a pressão do líquido circundante for maior que a do interior da célula, ocorrerá uma entrada de líquido através da membrana; se a diferença de pressão for muito grande, a célula poderá até mesmo estourar, diante da penetração maciça de solução.

Quando a pressão osmótica for maior, diz-se que a solução circundante é hipertônica. em relação à solução contida na célula. Finalmente, a solução em que a célula está imersa poderá apresentar pressão osmótica inferior, ou hipotônica, em relação ao líquido celular.

Em tal caso, ocorrerá uma saída de líquido celular pela membrana da célula. As soluções fisiológicas, portanto, precisam ter pressão osmótica muito bem regulada, para que não ocorram excessos.

O sangue que banha as células, bem como o plasma, a linfa e o líquido intersticial constituem soluções de gradientes variáveis, para que a entrada e a saída de substâncias vitais nas células de todo o corpo se processem ordenadamente, sem exageros.

Onde Ficam

Um deles fica localizado abaixo do fígado, e o outro rim fica localizado abaixo do baço.

Essenciais à Vida

desintoxicação do organismo

Quando os rins funcionam mal, toda a pressão osmótica do sangue se altera em relação ao líquido contido dentro das células. Conseqüentemente, a entrada e a saída de elementos vitais nas células – inclusive a própria água – se tornam anormais. Só isso basta para fazer dos rins órgãos essenciais à vida.

Processo muito semelhante ao da osmose ocorre nos rins, durante a filtragem do sangue. Este passa através de membranas, por ação da pressão hidrostática, isto é, a pressão originada dos batimentos cardíacos força o sangue contra as membranas semipermeáveis dos glomérulos. Na passagem de sais e líquidos pelos coadores renais, também concorre a pressão osmótica das soluções.

Dentro dos túbulos renais, além desses dois fatores, atua também o próprio trabalho individual das células que revestem internamente as paredes dessas vias microscópicas. Ë como se o sangue passasse por peneiras cada vez mais finas, de modo que o líquido resultante de cada filtragem se tornasse mais e mais concentrado em resíduos e menos concentrado em água e outros elementos.

Por serem aproveitáveis, esses elementos são reabsorvidos pelas células dos túbulos e repostos no sangue. É na reabsorção que concorrem o trabalho celular ativo e a diálise passiva.

A Filtragem Renal – Função Vital

Conhecido popularmente apenas por sua atividade na formação da urina, o rim desempenha muitas outras funções, relativamente mais importantes.

O organismo, no seu funcionamento normal, produz grande quantidade de resíduos que caem na circulação sanguínea. Um deles, o gás carbônico, chega aos pulmões e é expelido. Outros resíduos, sobretudo os que resultam do metabolismo proteico, não são eliminados tão facilmente.

Quem se encarrega dessa tarefa é o rim. Para desempenhar essa função, todo o volume sanguíneo passa pelos rins para ser filtrado: um quinto da massa sanguínea por minuto, o que significa que a cada cinco minutos todo o sangue é purificado pelos rins.

Função Reguladora dos Rins

Além de libertar o organismo dos resíduos do metabolismo, os rins exercem uma função reguladora, pela eliminação de água através da urina. Por isso, possuem um papel fundamental na regulação do equilíbrio de líquido do corpo.

Da mesma maneira, os rins determinam as quantidades de sais minerais do organismo, através da eliminação seletiva pela urina. Nessa função, os rins são órgãos essenciais para a manutenção de um equilíbrio salino no sangue e nos tecidos. Ao mesmo tempo regulam o grau de acidez do sangue, através da eliminação de substâncias ácidas ou alcalinas.

Desintoxicação do organismo

agua-para-Desidratacao

Os rins não funcionam exclusivamente para eliminar substâncias supérfluas e residuais. A rigor, também cabe a eles conservar líquidos e substâncias dissolvidas necessárias à manutenção de um equilíbrio na corrente sanguínea.

Assim, complementam a atividade do fígado, ao exercerem a importante tarefa de desintoxicação do organismo, através da absorção e eliminação de substâncias fisiologicamente ativas que se encontram na circulação e que poderiam exercer sua ação sobre diversos órgãos.

Se essas substâncias não fossem absorvidas e eliminadas pelos rins, poderiam modificar radicalmente o funcionamento de diversos órgãos e tecidos. Entre essas substâncias ativas incluem-se os hormônios, elaborados pelas glândulas endócrinas, bem como os medicamentos administrados durante tratamento módico e os compostos nocivos ingeridos acidentalmente.

Hipertensão e os Rins

Acredita-se também que os rins exerçam uma atividade preponderante no complexo mecanismo da hipertensão arterial. No entanto, até o momento não se chegou a uma conclusão definitiva sobre qual seria essa atividade. Por outro lado, sabe-se que os rins são bastante lesados nos portadores de hipertensão arterial, o que evidencia a complexidade da relação causa-efeito entre a hipertensão e os rins.



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos