O que é o Tórax? Pra que serve? Circulação, Definição e muito mais!

 

o-que-e-o-torax-pra-que-serve-circulacao-definicao-e-muito-mais

Em geral, essas artérias e veias do corpo humano são as mais indicadas para a realização de exames, por serem mais acessíveis.

O sangue é levado ao tórax, aos membros superiores e ao pesco­ço através de dois grandes vasos: as artérias subclávias direita e esquerda, assim chamadas porque boa parte de seu trajeto situa-se na região localizada sob a clavícula.

A artéria subclávia esquerda e a artéria anônima originam-se no arco da aorta. E quando a artéria anônima se bifurca, dá origem à subclávia direita. Ambas as subclávias se dirigem para a axila, descrevendo um arco que abrange o ápice do pulmão.

Passam, em seguida, sob a clavícula, a partir de onde têm seu nome alterado para artérias axilares. Em sua origem, a artéria subclávia tem um diâmetro de aproxi­madamente 12 milímetros.

No decorrer de seu curto trajeto, reduz-se a 9 milímetros e emite grossos ramos colaterais, que constituem as artérias vertebrais direita e esquerda, mamárias, cervical, tireo­cervical e costocervical.

Neste artigo falaremos sobre O que é o Tórax? Pra que serve? Circulação, Definição e muito mais!

O que é o Tórax? Pra que serve? Circulação, Definição e muito mais!

ARTÉRIAS DO TÓRAX E DO PESCOÇO

A artéria verte­bral sobe de um lado, ao longo da coluna vertebral, passando pelos orifícios transversais das primeiras seis vértebras cervicais. A par­tir desse momento, penetra na caixa craniana através do orifício occipital.

Uma vez no interior da caixa craniana, une-se à artéria vertebral que se encontra no lado oposto, formando com ela um tronco único, denominado artéria basilar, grosso vaso que participa da formação do círculo arterial de Willis.

As artérias mamárias percorrem o tórax lateralmente ao osso esterno, emitindo ramos anteriores e posteriores. Os primeiros des­tinam-se à irrigação dos músculos peitorais e da glândula mamária. Os posteriores dirigem-se ao pericárdio, às pleuras, aos brônquios e ao timo.

A artéria tireocervical fornece sangue aos vários músculos do pescoço e do ombro, à laringe, à traqueia e ao esôfago. A artéria costocervical irriga as porções superior e anterior do tórax e as regiões posteriores do pescoço.

O curto trecho de artéria que vai da clavícula (de onde segue para trás como artéria subclávia) à base da axila recebe o nome de artéria axilar. Esse vaso envia ramificações aos músculos que delimitam a cavidade axilar, à região lateral do tórax, à glândula mamária e aos músculos do ombro.

A ORTA TORÁCICA

Essa artéria tem inicio ao nível da IV vértebra torácica e termina na altura da XII. Sai diretamente do coração e seu trajeto inicial é ascendente, em direção ao pesco­ço. Depois, apresenta uma grande curvatura sobre os brônquios, denominada cajado, crassa ou arco aórtico.

A partir desse ponto – limitada lateralmente pelos pulmões e anteriormente pelo cora­ção -, desce à esquerda do corpo, junto à coluna vertebral, des­viando-se para a linha mediana do corpo ao aproximar-se do dia­fragma, atravessando-o por uma abertura chamada hiato aórtico. No abdome, a artéria nassa a chamar-se aorta abdominal.

A aorta torácica tem de 17 a 20 centímetros de comprimento e um diâmetro aproximado de 22 milímetros, que se conserva qua­se constante ao longo de todo o trajeto.

Dos pequenos ramos que emite, os principais constituem as ar­térias brônquicas, duas para o pulmão esquerdo e uma para o di­reito, distribuídas por todo o parênquima pulmonar, acompanhan­do as ramificações dos brônquios. São artérias de função nutriti­va.

Seguem-se as artérias esofagianas médias, as artérias mediastí­nicas – que irrigam os órgãos localizados no mediastino – e as artérias pericárdicas, responsáveis pela irrigação da parede poste­rior do pericárdio.

ARTÉRIAS DOS MEMBROS SUPERIORES

Na margem in­ferior da axila inicia-se a artéria umeral ou braquial, que mantém tal denominação até alcançar a dobra do cotovelo, local onde se divide em dois ramos terminais: a artéria radial e a artéria ulnar.

Ao longo de seu percurso, na parte anterior do braço, a artéria umeral fornece ramos colaterais para os músculos anteriores e pos­teriores do braço.

A artéria radial percorre a parte lateral da região anterior do antebraço e chega até a apófise estilóide (saliência pontiaguda) do rádio. Nesse local a artéria se apóia diretamente sobre o osso e, não sendo recoberta por músculos, transmite as pulsações aos pla­nos cutâneos que se encontram acima.

É por essa razão que se toma facilmente a pulsação, apoiando-se as pontas dos dedos nesse local. Essa artéria emite ramos para os músculos do antebraço e termina na mão, formando uma arcada arterial profunda, que se comunica com a arcada arterial superficial por intermédio da arté­ria ulnar.

A artéria ulnar – outro ramo derivado da bifurcação da arté­ria umeral – percorre a metade medial da face anterior do ante­braço, isto é, a parte interna do antebraço que, em posição relaxa­da, com a palma da mão voltada para a frente, fica em contato com o tronco. É ela que fornece ramos colaterais aos músculos.

Neste artigo falamos sobre O que é o Tórax? Pra que serve? Circulação, Definição e muito mais!

Imagem-  malharbem.com.br



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos