Anticoncepcional Alexa – Benefícios e Efeitos Colaterais – Engorda?

alexa

Em atendimento às muitas mulheres que desejam evitar a gravidez e também tratar de outras questões hormonais, a indústria farmacêutica tem desenvolvido diversas soluções em termos de medicamentos anticoncepcionais. Uma delas é o Alexa.

Para saber mais sobre este medicamento e quais as vantagens, contraindicações, efeitos colaterais e outras informações, basta acompanhar nosso post!

Alexa – O que é?

Sendo fabricado pelo laboratório EMS, um dos mais conhecidos no Brasil, o Alexa se trata de um anticoncepcional considerado de baixa dosagem hormonal, ou seja, oferece menos riscos à saúde das mulheres.

A fórmula desse medicamento é composta por sobretudo por gestodeno e etinilestradiol.

Essas substâncias não apenas atuam na prevenção da gravidez como também favorecem muito mais equilíbrio ao organismo feminino.

Anticoncepcional Alexa Engorda?

Não existe comprovação científica de que o uso do anticoncepcional Alexa ou qualquer outro anticoncepcional engorde.

Benefícios

Com relação às principais vantagens quanto ao uso desse medicamento contraceptivo, as que mais se destacam são:

– Evita a gravidez;

– Regulariza o fluxo menstrual;

– Ameniza os desconfortos típicos da TPM (náuseas, cólicas, sensibilidade nas mamas, dor de cabeça etc).

Contraindicações

Como todo medicamento, esse anticoncepcional também apresenta algumas contraindicações. Desse modo, ele não é recomendado nos casos de:

– Gravidez (suspeita ou confirmada);

– Pessoas que apresentam complicações cardiovasculares ou cerebrovasculares, tais como: Tromboflebites, processos tromboembólicos ou histórico de doenças relacionadas a esses episódios;

– Pessoas que sofrem de hipertensão;

Diabéticos;

– Ocorrência de alterações ou doenças no fígado, tais como: Hepatite, cirrose e outras (incluindo tumores);

– Síndrome de Rotor e de Dubi-Johnson;

– Ocorrência atual ou anterior de câncer de mama ou nos órgãos genitais (causados por questões relacionadas a hormônios);

– Hiperplasia endometrial;

– Ocorrência de sangramento vaginal sem causa conhecida;

– Porfiria (distúrbio que afeta a síntese da hemoglobina sanguínea);

– Hiperlipoproteinemia (concentração plasmática elevada do colesterol);

– Pessoas alérgicas a qualquer uma das substâncias contidas na fórmula do medicamento.

Efeitos colaterais

Sobre os efeitos colaterais que poderão ser apresentados pelo uso desse medicamento, eles são:

– Agravamento da endometriose;

Dor de cabeça;

– Sangramentos irregulares;

– Náusea e/ou vômitos;

– Diminuição da libido;

– Alterações de humor (episódios de irritação ou depressão);

– Aumento da propensão às infecções vaginais, como por exemplo a candidíase.

– Retenção de líquidos e inchaço no abdômen;

– Diminuição da tolerância à glicose;

– Alteração de peso;

– Sensibilidade,dor e ocorrência de secreção nas mamas;

Irritação na pele.

Preço

Com relação ao preço cobrado por cada cartela desse medicamento, ele se apresenta bastante acessível, custando em média R$20,00 e sendo facilmente encontrado em todas as farmácias espalhadas pelo Brasil.

É necessário consultar um médico?

Sem dúvida. Antes de fazer uso de qualquer tipo de anticoncepcional é indispensável consultar um ginecologista. Somente este profissional poderá fazer uma avaliação eficaz e recomendar o uso do medicamento de acordo com o histórico clínico de cada paciente.

Por isso, antes de fazer uso do Alexa, é fundamental contar com a orientação de um médico de confiança, fazendo com que as mulheres se sintam mais seguras ao evitarem uma gravidez indesejada.

Imagem- meuanticoncepcional.com

Publicidade:

Mais Assuntos