Anticoncepcional Lumi – Benefícios e Efeitos Colaterais – Engorda?

lumi

Inúmeras mulheres necessitam fazer uso de medicamentos contínuos no intuito de evitar a gravidez. O Lumi se apresenta como uma das opções oferecidas pela indústria farmacêutica que, a cada dia mais, busca inovar nas fórmulas.

Para saber mais detalhes com relação às vantagens desse medicamento assim como também quais são suas principais contraindicações e efeitos colaterais, basta acompanhar nosso post!

Lumi – O que é?

Conforme já mencionado, o Lumi consiste em um medicamento contraceptivo amplamente vendido em todo Brasil. Ele é produzido pelo laboratório Libbs e tem sua fórmula composta principalmente pelos seguintes hormônios: Etinilestradiol e drospirenona.

A combinação desses hormônios é utilizada com a finalidade de evitar a gravidez e amenizar alguns sintomas apresentados tipicamente por questões referentes a desequilíbrios hormonais.

Anticoncepcional Lumi Engorda?

Não existe comprovação científica de que o uso do anticoncepcional Lumi ou qualquer outro anticoncepcional engorde.

Benefícios do Lumi

Com relação às principais vantagens oferecidas por este anticoncepcional, além de prevenir a gravidez, as principais delas são:

– Possui baixa dosagem hormonal (possibilitando menos danos à saúde);

– Alivia o inchaço e a retenção de líquidos pelo organismo;

– Atua no tratamento e prevenção de acnes;

– Não gera ganho de peso;

– Elimina o excesso de oleosidade da pele e dos cabelos;

– Combate o aumento do abdômen;

– Reduz a intensidade e duração do fluxo menstrual;

– Alivia os principais desconfortos da TPM (dores de cabeça, cólicas, dor nas mamas etc).

Contraindicações

Embora este medicamento seja de baixa dosagem hormonal, ele não deixa de conter algumas contraindicações que deverão ser seguidas à risca. Desse modo, ele não é recomendado nas situações de:

– Gravidez (suspeita ou confirmada);

– Ocorrência atual ou anterior de trombose;

– Ocorrência de derrame cerebral em virtude de coágulo no sangue ou por rompimento de vasos sanguíneos;

– Pessoas portadoras de doenças cardíacas ou com histórico de infarto;

– Enxaqueca acompanhada por dificuldades na fala ou na visão;

– Pacientes que sofrem de diabetes;

– Pessoas portadoras de alterações, lesões ou doenças no fígado (incluindo tumores);

– Ocorrência atual ou anterior de câncer causado por hormônios sexuais;

– Pessoas que apresentam quadro de insuficiência renal;

– Ocorrência de sangramentos vaginais sem explicação;

– Paciente com histórico clínico de alergia a qualquer um dos componentes da fórmula do medicamento.

Efeitos colaterais

Com relação aos possíveis efeitos colaterais apresentados pelo uso desse anticoncepcional, eles consistem em:

– Náusea;

– Dores abdominais;

Dor de cabeça;

– Mudanças de humor;

– Leve dor nas mamas;

– Sonolência excessiva;

– Sangramentos irregulares.

É preciso ressaltar que, se comparado a outros anticoncepcionais existentes no mercado, o Lumi apresenta menos efeitos colaterais. Isso se deve em virtude da sua baixa dosagem hormonal.

Preço

Referente ao preço praticado no mercado, esse medicamento custa em torno de R$35,00 e é vendido nas principais redes de farmácias brasileiras.

É preciso consultar um médico?

Sim. Antes de iniciar o uso de qualquer tipo de anticoncepcional é fundamental contar com orientação médica. No caso do Lumi isso não é diferente. Somente um ginecologista poderá oferecer um diagnóstico seguro e prescrever o medicamento de acordo com o histórico clínico da paciente.

Imagem- manteigaderretida.com

Publicidade:

Mais Assuntos