Anticoncepcional Qlaira – Benefícios e Efeitos Colaterais – Engorda?

qlaira

Em atendimento às muitas mulheres que necessitam utilizar métodos contraceptivos para evitar a gravidez, diversos produtos são desenvolvidos com a finalidade de apresentar os melhores resultados sem que ocorra riscos à saúde. Este é o caso do Qlaira.

Para saber um pouco mais sobre este medicamento e quais os benefícios, contraindicações e efeitos colaterais que ele apresenta, basta acompanhar nosso post!

Qlaira – O que é?

O Qlaira consiste em um anticoncepcional fabricado pela Bayer, um dos laboratórios mais bem conceituados do mundo.

Este medicamento é composto por uma substância chamada de valerato de estradiol que é idêntica ao estrogênio, um dos principais hormônios produzidos naturalmente pelo organismo feminino.

Por esta razão, esse medicamento é considerado um dos mais naturais do mercado. Além de evitar a gravidez ele também proporciona diversos outros benefícios para as mulheres.

Anticoncepcional Qlaira Engorda?

Não existe comprovação científica de que o uso do anticoncepcional Qlaira ou qualquer outro anticoncepcional engorde.

Benefícios do Qlaira

No que se refere aos benefícios proporcionados por este anticoncepcional, os principais deles são:

– Prevenção da gravidez;

– Regularização do fluxo menstrual;

– Diminuição dos desconfortos típicos da TPM (cólicas, enjoos, dor de cabeça, sensibilidade nos seios etc);

– Reduz o fluxo sanguíneo;

– Diminui a ocorrência de cistos ovarianos;

– Ameniza os sintomas da endrometriose;

– Reduz os riscos com relação às doenças fibrocísticas da mama;

– Reduz os riscos quanto ao aparecimento de câncer de mama e diversos outros tipos (Ex: Câncer de útero);

– Não provoca aumento de peso.

Contraindicações

Por mais que anticoncepcional seja muito recomendado e seja o mais próximo possível do natural, ele não é recomendado nos casos de:

– Gravidez (confirmada ou suspeita);

– Pessoas que sofrem ou sofreram de algum distúrbio cardiovascular ou cerebrovascular (Ex: Tromboflebites, processos tromboembólicos, embolia pulmonar, infarto, derrame cerebral etc);

– Pessoas hipertensas;

– Pacientes que tem ou tiveram doenças no fígado (incluindo tumores);

– Pessoas que tem ou tiveram câncer de mama ou em algum órgão genital;

– Pacientes diagnosticados com a Síndrome de Rotor e de Dubi-Johnson;

– Pessoas que sofrem de distúrbios do endométrio;

– Ocorrência de sangramentos vaginais sem causa conhecida;

– Porfiria (distúrbio que afeta a síntese da hemoglobina sanguínea);

– Hiperlipoproteinemia (concentração plasmática elevada do colesterol);

– Pessoas que apresentam um histórico de prurido intenso ou herpes gestacional;

– Pessoas alérgicas a qualquer um dos componentes da fórmula do medicamento.

Efeitos colaterais

Sobre os efeitos colaterais apresentados por este medicamento, eles são:

– Náuseas e/ou vômito;

– Sangramentos irregulares;

– Ausência de sangramento na pausa;

– Aumento da pressão arterial;

– Intolerância da córnea quanto ao uso de lentes de contato;

– Agravamento da endometriose;

– Aumento da propensão a infecções vaginais;

– Sensibilidade, dor ou aumento da secreção nas mamas;

Dor de cabeça;

– Diminuição do desejo sexual;

– Alterações de humor;

Irritação na pele.

É preciso consultar um médico?

Sem dúvida alguma. Antes de fazer uso do Qlaira é fundamental consultar um ginecologista de confiança. Somente este profissional poderá fazer um diagnóstico eficaz conforme o histórico clínico de cada paciente e assegurar sua saúde e qualidade de vida.

Imagem- destaquesp.com

Publicidade:

Mais Assuntos