Arrotos Constantes – Tratamento quando é Frequente

Em certas culturas, os arrotos depois da comida é considerado tradicionalmente como um sinal de apreciação da comida. No mundo ocidental, se um adulto arrota depois da comida—ou em qualquer outro momento, na realidade—se considera como má educação. Se for constantes e frequentes, então o arroto pode ser um problema.

Os bebês arrotam, e na realidade é um som esperado pelos pais, pois lhe deram palmadinhas ou massagearam as costas do bebê para que arrote. Os meninos maiores também arrotam, pois pensam que é um jogo divertido, e algumas vezes a competição entre eles se torna intensamente ruidosa.

No entanto, com os anos, esse jogo infantil pode se converter em um hábito freqüente e inconsciente de engolir ar—um hábito que pode resultar em arrotos. Se você sofre de aerofagia—o termo médico para os arrotos repetidos—provavelmente já experimentou a vergonha de ter um ataque inesperado de arrotos precisamente nos momentos menos apropriados. Mas pode facilmente quebrar o hábito se puder perceber a hora e a situação em que engole o ar e deixar de fazê-lo.

arroto

Como Arrotar Menos quando é Constante

Reprima-os. Os arrotadores crônicos forçam-se a arrotar, pois isso lhes dá um alívio temporário. Na realidade, tem demostrado que os arrotos repetidos se reproduzem sozinhos. Numa fluoro copia (um tipo especial de radiografia usada para ver uma parte do corpo em movimento), numa pessoa arrotando vemos o ar forçando sua saída pela boca e esôfago. Se você é um arrotador crônico, necessita fazer um esforço consciente para evitar esse arroto.

publicidade

Não fume. Aqui está outra razão para deixar de fumar, se você ainda pertence a população de fumantes. Ao inalar a fumaça de qualquer tipo de tabaco você engole grandes quantidades de ar—muito mais do que pode soltar pelo arroto. E se está pensando em mascar tabaco ou chupar caramelos duros para ajudar a deixar de fumar, pense outra vez; essas atividades também estimulam a engolir o ar.

Cuide de seus modos. Nossas mães tinham razão quando nos diziam que não falássemos com a boca cheia. Esse hábito deixa o ar entrar pela boca, o qual é engolido com a comida, é uma forma desagradável de comportamento.

Coma devagar. Tem gente que engole muito rápido a comida e a bebida, mas também engole quantidades excessivas de ar. Além do mais, esse tipo de gente está enchendo seu estômago com muitas coisas para digerir, o que lhe causa produção de gases. Quando comer um bocado, deixe o garfo e mastigue bem a comida antes de comer outro bocado.

publicidade

Relaxe. A ansiedade e a tensão emocional podem fazer com que você engula ar mais frequentemente, e isso aumenta a quantidade engolida. Você terá que fazer um esforço para minimizar o ar que engole, mesmo quando sentir que tem a boca seca, porque assim só vai complicar sua tensão emocional com gases estomacais.

Não se resfrie. Uma das coisas que certamente ocorre quando está resfriado é o catarro que provavelmente fará com que engula com maior frequência. Por tanto, trate de assoar o nariz, o máximo que poder, para limpar os dutos nasais. Melhor mesmo, é tratar de proteger-se da exposição ao vírus dos resfriados.

Evite bebidas espumantes. Beber bebidas gasosas, incluindo a cerveja, cria ar no estômago. Não tome essas bebidas.

Não use canudos. Se beber com canudos, você vai aumentar a quantidade de ar que engole.

publicidade