Calos nos Pés – Como Evitar e Curar

Apesar dos calos e das calosidades serem áreas de pele endurecida que se formam para proteger o sensível tecido do pé contra a fricção e as repetidas pressões, de algum modo eles são diferentes. Os calos duros se encontram geralmente na parte superior dos dedos dos pés ou nos lados exteriores dos dedos pequenos, onde a pele se fricciona contra o sapato. Algumas vezes, forma-se um calo na bola do pé (eminência metatarsiana), debaixo de uma calosidade, o que resulta em dor aguda e localizada ao andar.

Os calos suaves, que são úmidos e moles, formam-se entre os dedos dos pés, onde os ossos de um dedo exercem pressão sobre os ossos que estão ao lado. Tanto os calos duros como os suaves tem formato cônico, com a ponta apontando em direção ao pé (o que você vê é a base do cone). Quando um sapato ou outro dedo faz pressão sobre o calo, a ponta pressiona o sensível tecido interno, provocando dor.

Por outro lado, as calosidades geralmente se formam sobre uma superfície plana e não tem ponta. Normalmente aparecem na parte do pé que recebe todo o peso—a bola do calcanhar. Cada passo pressiona a calosidade contra o tecido inferior e pode causar mal-estar, ardor ou sensibilidade, mas raramente dor aguda.

Tratamento para Calos nos Pés

Há algumas coisas que você pode fazer para aliviar o mal-estar associado com estas duas afecções. Experimente os conselhos que se seguem. Se apesar de experimentar estas estratégias, seus calos ou calosidades continuam causando mal-estar, vá a um pedicuro. Além do mais, se você tem diabete ou qualquer outra afecção que afete a circulação, não tente você mesmo tratar nenhum problema do pé; procure um médico imediatamente.

Seja um detetive

Os calos e as calosidades se formam por alguma razão. As quantidades anormais de pele morta e grossa formam-se em certos pontos de seu pé para protegê-lo do excesso de pressão e fricção. Obviamente, a verdadeira solução é determinar e eliminar qualquer coisa que esteja causando a pressão e a fricção. Você deve começar pelos seus sapatos. Veja “Se o sapato calça bem” para conselhos de como escolher sapatos que calcem bem.

Corte as unhas dos pés

As unhas dos pés estão destinadas a proteger os pés. No entanto, a pressão de um sapato numa unha que esteja muito comprida pode forçar a articulação do dedo ao empurrá-lo contra o sapato, e forma-se um calo. Para eliminar a pressão, mantenha suas unhas curtas. Corte as unhas retas para que não se estendam além da ponta do dedo. Em seguida, lixe cada uma para eliminar as bordas ásperas.

Coloque de molho

Mesmo que eliminar a fonte do problema é essencial, algumas vezes o que você necessita é alívio imediato da dor de um calo. Coloque de molho o pé afetado em uma solução de sais de Epsom e água morna, e em seguida colocar um creme hidrante, e o envolver num saco plástico. Mantenha o pé no saco por algumas horas. Retire o saco plástico e esfregue suavemente o calo com uma pedra-pomes, com movimento até os lados. Isto vai proporcionar alívio temporário—veja bem, temporário.

Coloque gelo num calo duro

Se um calo duro é tão doloroso e está tão inchado que nem sequer pode pensar em colocar o sapato no pé, aplique gelo para ajudar a reduzir um pouco o inchaço e o mal-estar.

Não corte os calos

Em sua farmácia local há uma grande quantidade de utensílios que servem para eliminar os calos e as calosidades, mas o melhor é ignorá-los, para o bem estar de seus pés. Cortar um calo é sempre perigoso. Você pode se expor a uma infecção ou pode causar uma hemorragia que não será fácil de estancar.

Suavize seus passos

Você pode obter alívio temporário e proteção para seus calos e calosidades se colocar protetores de calos nos pés. O que os protetores de calo fazem é transferir a pressão do sapato do ponto que dói a um que não tenha dor. Por exemplo, os protetores medicados rodeiam o calo com um material que é mais alto que o calo, e assim o protegem do contato com o sapato.

Uma ideia parecida se usa quando se protege uma calosidade. Corte um pedaço de molesquim (pode ser obtido em sua farmácia ou em loja que vende artigos de acampamento) em dois pedaços na forma de meia lua e coloque os pedaços em lados opostos da área para protegê-la.

 Separe os dedos de seu pé

Para aliviar os calos suaves que se formam entre os dedos, mantenha os dedos separados com lã de ovelha ou algodão. Também pode usar para este propósito um protetor acolchoado pequeno, como os que são usados para os calos grandes.

Trate seus calos suavemente

Além de separar os dedos de seus pés, polvilhe entre eles um pouco de maizena ou talco de bebê, para ajudar a absorver a umidade.

 

Remédios para Calos e Calosidades – Cuidado!

A maioria dos pedicures aconselham que não se use estes produtos como remédios caseiros, principalmente porque o ingrediente ativo é um ácido que pode queimar a pele boa, além da pele morta do calo ou calosidade. Se você decide usar um destes produtos, siga as instruções da embalagem e certifique-se de colocar o produto somente na área do calo ou calosidade, evitando a área boa ao redor(uma maneira de fazer isto é untar vaselina ao redor do calo ou calosidade).

Se o calo ou calosidade não melhorar em duas semanas, deixe de usar o produto e vá a um pedicuro. Se você é diabético ou tem alguma condição médica que interfere com a circulação, não experimente nenhum destes produtos; vá ao pedicuro ao primeiro sinal de qualquer problema no pé.

Os seguintes produtos não são normalmente reconhecidos como sem riscos e como eficazes para erradicar calos e calosidades: iodo, ácido ascórbico, ácido acético, alantoína, beladona, clorobutanol, hidrocloreto de diperodon, ictamol, cloreto de metilbencetonio, salicilato de metilo, pantenol, salicilato de fenilo e vitamina A.

 

Leia Também:

 



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*