Cólica de Bebê – Como Aliviar as Dores | Tratamento

 

Em 1962, o famoso pediatra, publicou um estudo sobre as frequências de choro de 80 bebês normais, de classe média. Ele descobriu que o choro durava aproximadamente duas horas por dia com a idade de duas semanas, aumentava a um máximo de quase três horas por dia com seis semanas de idade, e em seguida diminuía gradualmente a mais ou menos uma hora por dia na época em que tinham três meses de idade.  A definição médica geralmente aceita como cólica em bebê é quando uma criança pequena está saudável e bem alimentada, mas tem episódios de irritabilidade, está irrequieto, ou chora num total de mais de três horas ao dia em mais de três dias da semana.

Algumas vezes, para que se considere cólica os médicos acrescentam que o choro excessivo do bebê deve continuar por um período de mais de três semanas.

Os bebês normais choram—muito. Portanto, não imagine que somente porque seu filho está irrequieto por três horas ao dia, é anormal. Com toda probabilidade, é somente a maneira que o bebê tem de demonstrar que é são, enérgico e ativo. Por último, se console em saber o fato de que quando ele tiver três meses de idade, você vai ter mais paz e tranquilidade em casa.

Quando você trouxe para casa seu novo bebê do hospital, ele parecia tão quieto, tão doce, tão bem comportado. De repente, umas duas semanas depois de sua chegada, o coraçãozinho da mamãe se converteu num capetinha de rosto vermelho, chorão e chato. Às vezes, até podia ser que fosse alguma dor: Ele levava as pernas até o estômago e parecia que soltava gases com maior frequência. Talvez você levou seu filho ao pediatra para um diagnóstico, ou talvez você mesma conseguiu reconhecer os sintomas—o demônio da cólica invadiu o que antes tinha sido seu tranquilo lar. Agora, você já está no limite de sua paciência. Sente-se frustrada e cansada. Pode ter começado a duvidar de sua habilidade para criar o seu filho de forma correta. Talvez até pensou em fazer suas malas e ir embora de casa.

Primeiros Passos para Cólicas em Bebês…

Atenção: Antes de tomar qualquer providência, pergunte ao seu pediatra.

A primeira medida que deve tomar é relaxar e compreender que seus sentimentos são perfeitamente normais. Frequentemente, tem condicionado os pais a acreditarem que se seu filho chora porque algo está errado—algo que os pais tem que saber como remediar. Por sorte, poderá servir de consolo saber que seu filho, fora a cólica, com toda probabilidade está são. A cólica não significa a presença de um problema médico sério. E uma certa quantidade de choro é normal e saudável. Além do mais, para que sua mente esteja tranquila, pode ser benéfico que leve seu filho ao pediatra para assegurar-se de que seu choro não é sinal de nenhum problema médico. Também pode ser tranquilizante levar em conta que a maioria dos casos de cólica desaparecem na época em que a criança chega aos três meses de idade.

A má notícia é que os médicos ainda não sabem o que causa a cólica, o que é realmente o problema ou como curá-la. Também não sabem se os bebês com cólica sentem realmente dor. No entanto, há algumas recomendações provadas e confirmadas para ajudar a aliviar o seu bebê, mesmo que não possa deter completamente seu choro. Essas recomendações estão incluídas nos conselhos a seguir.

Dicas para Alivar as Dores

Outro componente importante para o bem estar de seu bebê e para o seu próprio, é que você mantenha sua sensatez. Portanto, alguns dos conselhos que seguem foram desenvolvidos para ajudá-la a conseguir lidar com o problema.

Coloque o bebê em movimento

Como a maioria dos pais de família sabem, os movimentos moderados repetitivos, como o de um automóvel em movimento ou o de uma cadeira de balanço, podem acalmar seu irritado filho. Para um bebê que tem cólica, esse conhecimento tem uma importância dobrada. O movimento é o melhor para as crianças que estão tendo tantos problemas. Se não é muito conveniente levar a criança para uma volta de carro, ele recomenda que a coloque num bebê-conforto sobre uma secadora de roupa em funcionamento (não deixe a criança sozinha).

Também, há aparelhos no mercado que podem balançar ou fazer vibrar o berço do bebê. Alguns desses aparelhos inclusive tem sensores de som que somente começam o movimento quando o bebê começa a chorar e param quando detectam que o bebê está calmo ou dormiu. Outro tipo de aparelho inclusive simula o movimento de um automóvel a uma velocidade de uns 90 km por hora. Alguns médicos acham isso eficaz, mas outros pensam que não faz nenhuma diferença.

Deixe o bebê dormir

Muitos livros falam sobre como lidar com as crianças e os pediatras querem fazê-la acreditar que você tem que pegar o bebê no colo cada vez que ele chora. No entanto, os bebês frequentemente choram porque estão cansados. Se este for o caso, carregar o bebê o deixará mais agitado. Eu acredito que algumas vezes você tem que deixar que chore. Pegar um bebê cansado no colo irá fazê-lo chorar mais.

Para determinar se seu filho chora porque está cansado, tente primeiro tudo o que puder: dar de comer, ajudar com os gases, trocar a fralda e fazer um carinho. Se então, seu bebê continuar chorando, coloque-o no berço para que durma e saia de perto. Frequentemente, a criança se acalma em cinco minutos.

Mantenha a calma

É importante enfatizar que a cólica é um transtorno benigno. Nunca se escutou que cause ou represente nenhum problema médico sério. Tendo essa informação em mente, entenda que esta é somente uma etapa no desenvolvimento de seu filho – uma etapa desagradável que vai passar logo.

Não dê leite de vaca ao seu bebê

Alguns estudos tem mostrado uma melhoria nas cólicas depois de tirar os produtos lácteos das dietas dos bebês. O responsável parece ser uma proteína do leite de vaca, que se encontra em muitas fórmulas de leites para bebês, e que também se encontra no leite das mães que estavam dando de mamar e que consumiam produtos lácteos. A proteína pode ser responsável pela cólica em, aproximadamente, cinco a dez por cento dos bebês que sofrem desta condição. Vale a pena trocar a fórmula do leite (podem ser obtidas muitas fórmulas baseadas em soja) e não comer produtos lácteos quando estiver amamentando. Se o choro de seu bebê não parecer ter melhorado depois de duas semanas, poderá concluir que o leite não era o problema.

Experimente água com sabor de menta

Mesmo que nunca se tenha provado definitivamente que seja eficaz, a água com sabor de menta é um remédio para a cólica há já um século de idade. Há muito pouco se descobriu que o ingrediente ativo do óleo de menta é um bloqueador do canal de cálcio, uma substância que pode relaxar os intestinos, recomenda-se colocar de molho em água um palito de menta, e depois dar ao bebê uma mamadeira da água com o sabor. Não use óleo de menta puro, diz, porque pode ser muito forte para o bebê.

 

Leia Também:

 



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos