Como Funciona a Cirurgia Plástica do Nariz

Como Funciona a Cirurgia Plástica do Nariz

Uma dúvida que persegue muitas pessoas pessoas é Como Funciona a cirurgia plástica do nariz. Mais do que isso, existem riscos? Qual o pós-operatório e como funciona o procedimento. Você saberá tudo isso neste artigo.

Cirurgia plástica

Joseph, precursor da moderna cirurgia plástica, afirma que o cirurgião plástico aio deve prender-se apenas a regras gerais, mas criar, com arte, uma escultura individual. Ele deve ainda ter o senso da harmonia e lidar com a proporção entre as diferentes partes da face.

Para a garantia de bons resultados, Joseph e outros cirurgiões criaram pontos de reparo e medidas para as porções faciais. Para que se faça a correção equilibrada do nariz é necessário avaliar com precisão a importância da fronte, do mento e das maçãs do rosto.

Evitam-se assim as distorções da imagem pós-operatória e eventual desarmonia de traços. Embora a cirurgia cosmética ou estética procure levar em conta a preferência do paciente, é preciso conciliar a pretensão deste com as regras gerais da proporcionalidade.

Nem sempre o cirurgião pode aceitar as sugestões do paciente, porque as estruturas anatômicas dos indivíduos diferem entre si, o que torna impraticável a reprodução cirúrgica de certas formas desejadas. Além disso, se o paciente pretende basear-se na imagem de algum outro indivíduo, deve ser lembrado de que a modelagem nasal que tão bem assenta numa pessoa poderá destoar em outra.

Quando Operar o Nariz?

A principal razão para que a cirurgia seja executada é o desejo manifesto do paciente de corrigir a deformidade. A plástica deverá ser solicitada, nunca sugerida. A insinuação de cirurgia tanto poderá ser bem aceita como provocar trauma psíquico, principalmente em indivíduos que não demonstram preocupação com o defeito. Já a indicação de correção funcional, como desvios do septo, deve preceder a qualquer outra de ordem estética.

Nesse caso a cirurgia é executada em trabalho conjunto com o especialista em otorrinolaringologia. A solicitação mais freqüente é a de correção do nariz aquilino, que se caracteriza pela corcova no dorso nasal, de efeito antiestético, principalmente visto de perfil. Esse defeito é acompanhado, na maioria dos casos, de ponta grande e voltada para baixo.

Para o nariz aquilino, associado à deformidade da ponta nasal, o esboço de redução é feito previamente em máscara de gesso ou em fotografias. Planeja-se a plástica do nariz em conjunto com o maciço facial especialmente nos casos em que a protrusão ou retrusão da fronte e do mento influem acentuadamente na variação dos ângulos ideais.

O mento retraído, por exemplo, deve ser corrigido juntamente com a rinoplastia, deforma que os dois elementos componham o plano ideal para o rosto. Contudo, qualquer que seja a correção estática indicada, a plástica do nariz só deverá ser frita após os dezesseis anos de idade, quando o órgão já tiver atingido o desenvolvimento completo.

Como Funciona a cirurgia plástica do nariz

Toda cirurgia plástica do nariz exige cuidados prévios rigorosos, em defesa da integridade fisica do paciente. Realizam-se exames de sangue para verificação do metabolismo orgânico, do funcionamento renal e cardíaco e do tempo de sangria e coagulação. Qualquer anormalidade que se verifique poderá assim ser corrigida.

A intervenção poderá ser frita com o emprego de anestesia local – com a vantagem de reduzir o sangramento – ou geral. Esta última é especialmente indicada nos casos de pacientes nervosos ou sujeitos a crises emotivas. Após a operação eliminam-se os coágulos de sangue e o muco contido nas narinas, nas quais são introduzidos tampões de gaze embebida em solução vasoconstritora e em antibióticos.

Dessa forma afasta-se o perigo da ocorrência de hemorragias ou infecções das partes abertas e suturadas da mucosa. Em seguida coloca-se o molde metálico ou de gesso, para que aforma obtida com a intervenção cirúrgica não seja alterada.

A infiltração de sangue no tecido subcutâneo pode provocar o aparecimento de manchas arroxeadas e edemas na parte superior da face. Mas as manchas desaparecem ao fim de dez dias. A dieta nas primeiras 76 horas deverá ser líquida ou pastosa, permanecendo o paciente no leito em posição semi-sentada. De 48 a 72 horas após a operação retiram-se as gazes de tamponamento, e o molde, dentro de 5 ou 6 dias.

Agora que você sabe como funciona a cirurgia plástica do nariz você poderá procurar um médico de confiança.

Leia Também: