Diátese Infantil – Exsudativa, Neuropática, Dicas e Saúde

diatese-infantil-exsudativa-neuropatica-dicas-e-saudediatese-infantil-exsudativa-neuropatica-dicas-e-saude

Conquanto a existência das diáteses infantis haja sido negada por muitos, uma observação imparcial permite afirmar que há pessoas que nascem com constituição que as predispõe para certas enfermidades. Seria, pois, diatésica a criança que desde o nascimento mostra maneira anormal de reagir em face dos estímulos do exterior.

Indubitavelmente se tem abusado do conceito das diáteses e um maior conhecimento permitiu eliminar algumas delas. Assim, por exemplo, a diátese espasmofílica é hoje uma enfermidade definida.

Provavelmente ocorrerá o mesmo com as outras diáteses quando for maior o seu conhecimento. Estudaremos brevemente as diáteses exsudativa e neuropática. Na primeira predominam os sintomas da pele e das mucosas. Na segunda predominam as manifestações nervosas.

DIÁTESE INFANTIL

DIÁTESE EXSUDATIVA

Muitas de suas manifestações são de origem alérgica. Com certa frequência a criança que vai ter manifestações de diátese exsudativa é robusta, com $80 e estatura maior que os habituais.

Conquanto seja roliça, observa-se no entanto que sua carne é flácida. As manifestações que podem aparecer no primeiro semestre na pele podem ser quaisquer das seguintes: eritema (avermelhamento) das nádegas, seborreia ou eczema seborreico do couro cabeludo, eczema das maçãs do rosto, eritrodermia descamativa, etc. Pode apresentar-se, também, tendência aos vômitos e à diarreia.

No segundo semestre podem observar-se também outras manifestações de diátese exsudativa, tais como o prurido, a urticária e a língua geográfica. Também se observa nestas crianças tendência para coriza e traqueobronquite, às vezes rebeldes.

PRURIGO ESTRÓFULO

Manifesta-se pela aparição, especialmente nos membros, de algumas pequenas saliências que produzem muita coceira. Logo que se iniciam sente-se ao tato que a pele apresenta uma pequena saliência, como se fosse uma chumbada que houvesse penetrado na espessura da pele.

Depois a parte mais superficial se transforma em uma pequena vesícula, que, rota habitualmente, ao coçar-se a criança, converte-se em uma crosta. Depois de alguns dias ou semanas deixam de aparecer, para reaparecer depois de um tempo variável.

Têm a mesma significação que a urticária e seu tratamento será semelhante. No segundo e terceiro anos de vida podem aparecer outras manifestações de diátese exsudativa, tais como a asma, as enxaquecas e os vômitos cíclicos com acetonemia.

DIÁTESE NEUROPÁTICA

Muito amiúde o lactente que apresenta esta diátese é criança nervosa, inquieta, chorona, magra, inapetente, com tendência para os vômitos, cólicas e diarreia. Assinalaram-se em algumas destas crianças a presença de uma larga mecha de cabelo ou penacho no meio da cabeça e escassez de cabelo no resto.

Observam-se amiúde choro sem motivo e incessante, inquietude e insônia. O apetite é caprichoso, tendo amiúde inapetência. Habitualmente os pais dessas crianças são também nervosos, e a criança herda essas características.

Quando são maiores pode observar-se enurese (a criança urina na cama), terrores noturnos, comportamento inadequado, etc. Beneficiam-se estas crianças com uma vida tranquila e regular (os pais devem dominar seus nervos).

Convém que passem ao ar livre a maior parte do tempo. Não sejam elas obrigadas a comer, nem se mencionem diante delas estes distúrbios. Os banhos mornos têm sobre elas efeito sedante. Convém dar-lhes complexo de vitamina E.

Fonte:

1, 2, 3

Imagem: crechesegura.com.br



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos