Dor no Joelho – o que pode ser e o que fazer?

Os dobramos, nos ajoelhamos, todos os dias corremos e saltamos sobre eles, mas poucos de nós lhes colocamos muita atenção. Os joelhos. são as articulações mais complexas—e mais propensas a lesões—de seu corpo. Por que? Culpe o desenho deles. A diferença da articulação dos quadris, que é mais estável, e que consiste de uma bola numa bolsa com muito acolchoamento, a articulação do joelho é mais exposta—e mais vulnerável. É muito comum algumas pessoas sentires dor no joelho ao andar, correr ou sobrar ao se agachar. Existem vários motivos que podem descrever o que pode ser. Abaixo apresentamos algumas coisas que você pode fazer, após procurar orientação de um médico.

O Joelho

Em essência, o joelho é um osso arredondado que descansa sobre outro osso relativamente plano. O osso do coxa (fêmur) termina em duas protuberância redondas (côndilos) que estão encaixados no osso relativamente plano da tíbia. A cobertura da joelho, a rótula, é um osso pequeno e redondo que está encaixado numa fenda entre o osso da coxa e as protuberâncias redondas, e é a que dá força à articulação. Quando o joelho se dobra e se endireita, a rótula desliza para cima e para abaixo na fenda. Um tendão conecta a rótula por cima com os músculos da coxa, e um ligamento a conecta por baixo com a tíbia. A rótula atua como uma roldana, aumentando a força dos músculos conectados a ela.

O que pode ser?

Devido a que as mulheres tem quadris mais largos, o osso da parte superior da perna da mulher entra no joelho com um ângulo maior, o que torce o joelho. Isto faz com que as mulheres sejam mais vulneráveis a certos tipos de lesões da rótula, tais como a condromalacia, na qual a capa lisa de cartilagem que recobre por debaixo do fêmur se coloca áspera ou se racha.

Se os músculos grandes do coxa (quadríceps) não tem flexibilidade devido ao desuso ou falta de estiramento antes de fazer algum exercício, ou se esses músculos têm sido usado demasiado, podem causar inflamação nos tendões da joelho (tendinite patelar), chamada algumas vezes “joelho de saltador”. O desequilíbrio muscular, no qual um grupo de músculos é mais forte que outro grupo e puxa mais forte, também pode causar problemas nos joelhos.

dor-no-joelho-o-que-fazer

A maioria dos problemas dos joelhos que ela vê são causados por músculos que não estão condicionados. A pessoa exige demasiado de seus joelhos e de seus músculos sem que estejam condicionados adequadamente. Ou usam demasiado os joelhos fazendo um somente tipo de atividade uma e outra vez, como ajoelhar-se, correr, ou escalar.

Além do mais, você não pode evitar que ocorram as lesões, e qualquer lesão séria na joelho deve ser avaliada e tratada por um médico.

Dor no Joelho – O que Fazer?

Antes de mais nada procure um médico para ter certeza que sua dor no joelho seja somente por excesso de uso.

Se seus problemas nos joelhos são causados por excesso de uso, desuso, ou treinamento inapropriado, pode usar as seguintes estratégias para manter seus joelhos saudáveis, e se tiver dor, para ajudar a aliviar o mal-estar e acelerar a cura.

Emagreça: seus joelhos agradecem

Estar acima de peso coloca pressão em todas as articulações do corpo, mas o peso adicional é particularmente severo nos joelhos. Devido a forma em que está estruturado o joelho, todas as vezes que você da um passo, coloca uma vez e meia seu peso corporal sobre o joelho. Se você corre, coloca até cinco vezes seu peso corporal sobre os joelhos. Dez, vinte, trinta ou mais quilos de peso adicional podem na realidade colocar demasiada pressão sobre os joelhos. Por exemplo, se você somente tem 9 kg de excesso de peso e corre, está colocando 46 kg de força adicional sobre cada joelho, em cada passo. Se você está acima de peso, isso na realidade aumenta a dor no joelho. Estar acima do peso significa que você necessita maior força muscular para evitar lesões.

Mantenha seu peso dentro dos limites normais com uma dieta de baixo teor de gordura e exercícios de forma regular.

Olhe seus pés

Tem um ditado popular que diz: Quando os joelhos doerem, olhe seus pés. Quando os pés estão no chão tudo muda. Pense a respeito do corpo como se fosse uma espiral flexível de arame. Se uma parte do corpo está fora de equilíbrio, vai desequilibrar as outras partes.

Quando os pés não afirmam seu corpo de forma adequada, pode causar problemas em todo o corpo, incluindo os joelhos. Uma causa comum de problemas nos joelhos é prolação excessiva, ou seja os pés se dirigem para adentro. Uma certa quantidade de prolação é normal, mas demasiada pode causar problemas nos joelhos.

Quando o pé adquire essa posição, vira para dentro e se aplana. E com isso, faz virar a parte inferior da perna, o que desalinha o joelho. Este desalinhamento pode fazer com que a rótula se mova de forma anormal e se desgaste, o que causa dor. Você pode corrigir o excesso de prolação com sapatos que tenham suportes desenhados para evitar a prolação ou com palmilhas especiais para serem inseridas nos sapatos, chamadas palmilhas ortopédicas.

Estas últimas podem ser compradas já feitas, sem receita, ou podem ser feitas segundo suas especificações em lugares especialistas em medicina esportiva.

Compre os sapatos adequados

Os sapatos adequados podem evitar todo tipo de problemas nos joelhos. Use salto o mais baixo possível. O corpo pode tolerar um salto de aproximadamente de 2,54 centímetros. Os saltos mais altos empurram o corpo para frente e colocam tensão nos joelhos.

Se você tende a ter prolação, compre sapatos que tenha ajustes anei prolação. Você pode comprar sapatos ortopédicos que tem materiais de maior densidade no interior da sola e material de acolchoamento no borde exterior da sola. O material de maior densidade não permite que o sapato “ceda” no interior e ajuda a prevenir a prolação.

Você também pode procurar sapatos que tenham a parte do calcanhar rígido. Um sapato com a parte do calcanhar mais rígido estabiliza o calcanhar e ajuda a evitar a prolação excessiva.

Substitua-os assim que possível

Frequentemente, os problemas das joelhos são principalmente causados por sapatos para correr (tênis) que já estão gastos, a qual vê muitos problemas dos joelhos em seu consultório de Salem, Oregon. Mesmo que a sola do sapato se veja bem, a estrutura do sapato pode estar gasta. O sapato não está dando ao pé o suporte que necessita. Os especialistas em sapatos estimam que os sapatos para correr são bons para 650 a 960 quilômetros; os sapatos para caminhar mais que isso, necessitam ser trocados.

Revise seu alinhamento

Se você tem as pernas ou os joelhos arqueados, pode ter maiores riscos de problemas nos joelhos. Para determinar seu alinhamento, coloque-se de pé com os calcanhares juntos. Se você está bem alinhado, tanto os ossos da barriga da perna como os dos joelhos de ambas as pernas se devem tocar.

Se seus joelhos se tocam, mas há um espaço grande entre a barriga da perna, você é zambro (que tem os joelhos para dentro). Se seus calcanhares se tocam mas há um espaço entre seus joelhos, você tem pernas arqueadas. Se você não está alinhado. Você necessita evitar algumas atividades, como correr, que colocam tensão nos joelhos. substitua por atividades como nadar, andar de bicicleta, ou fazer exercícios em uma máquina que imita o esqui de campo aberto. Não podemos nos tornar dependente do suporte para o joelho. Se você tem uma dor tão persistente como para comprar um suporte para o joelho, então você necessita ir ao médico.

Não dependa dos suportes vendidos sem receita

Frequentemente, você vê pessoas que usam suportes ou faixas que compram na farmácia. Um suporte vendido sem receita pode servir para fazer com que fique consciente do joelho e lembrar-lhe que evite fazer demasiado, mas na realidade não corrige nem evita os problemas. Você deve saber que os suportes vendidos sem receita não substituem os exercícios que você deve fazer para fortalecer seus joelhos. Você prefere utilizar um suporte para o joelho, que escolha os suportes de uma peça só de neoprene ou os elásticos, ao invés das faixas elásticas que dificultam que se coloque pressão de forma uniforme sobre o joelho.

 



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*