O que fazer em caso de Intoxicação Alimentar – Tratamentos Caseiros

Antes de descobrir o que fazer em caso de Intoxicação Alimentar, é necessário que você saiba que procurar um médico é fundamental em diversos casos. Como qualquer pessoa que tem tido uma má experiência com uma intoxicação alimentar pode atestar, é uma experiência tão terrível que não a desejaria nem a seu pior inimigo. Não somente tudo o que tem comido nas últimas 24 horas parece que quer escapar simultaneamente pelos dois extremos de seu corpo, se não que as câimbra e a dor que sente dá vontade de morrer.

A boa notícia é que a intoxicação alimentar raramente é de vida ou morte. Na maioria dos casos, vai passar em 24 horas, e vai deixa-lo como se nada tivesse acontecido. A má notícia é que uma vez que tenha começado, não há nenhuma maneira de detê-la até que tenha completado seu curso.

Sintomas

Diarreia, dor de barriga e Vômito.

Procurando um Médico

Em casos muito raros, a intoxicação alimentar pode ser verdadeiramente perigosa. É hora de ir a um médico ou hospital se você está sentindo câimbras sérias, está débil ou tonto, ou se não pode manter nada no estômago. Faça o mesmo se tem uma febre de mais de 38,9°C, se desmaia, ou se vê algum sangue em suas fezes ou vômito. Outros sintomas que indicam uma emergência são paralisia, visão dupla, falta de ar, ou debilidade em uma extremidade.

publicidade

 

O que fazer: Tratamentos para intoxicação alimentar

intoxicação alimentar

 

A melhor recomendação é a de seu médico. No entanto, as seguintes recomendações podem ajudar a minimizar o mal-estar e a reduzir a duração de seus sintomas.

Reponha os líquidos de seu organismo

Se seu estômago tolera, certifique-se de manter-se tomando líquidos, especialmente se tem diarreia. Algumas vezes as pessoas pensam que se bebem mais, vão a vomitar mais ou vão a ter mais diarreia. No entanto, nestas doenças se necessita hidratação extrema. Mesmo se lhe dá um pouco mais de diarreia, você só terá vantagem se estiver bebendo mais. Além do mais, se está desidratando você vai se sentir pior. Recomenda-se gelatina, refrescos sem cafeína, chá sem cafeína e com açúcar, e água.

Evite as comidas com muita gordura

Quando seu estômago está se sentindo irritado, comer alimentos gordurosos ou muito condimentadas vai fazer com que seu estado piore. Se você se sente com fome, provavelmente o melhor é se limitar a líquidos, torradas, purê de batatas, bananas, ou outras comidas simples e fáceis de digerir.

publicidade

Tenha calma

Se você se intoxicou com alimentos contaminados e seu estômago está reagindo com diarreia e vômito, você pode confiar nos impulsos de seu organismo, Não corra a comprar remédios contra a diarreia. Se há algo em seu sistema, mais rápido se sentirá melhor se o deixa sair. O mesmo acontece com os vômitos—espere um pouco antes de tomar algo oralmente. Seu estômago não quer nada mais. Se tiver oportunidade descanse, geralmente vai sarar sozinho.

Tenha cuidado com os remédios para a dor

Algumas pessoas cometem o erro de tomar remédios para a dor, vendido com ou sem receita, para reduzir o mal-estar das câimbra intestinais. O efeito secundário de muitos destes remédios vai irritar o estômago ou o sistema gastrointestinal. A única exceção é acetaminofen, gastroenterologista e professor adjunto de medicina na Escola de Medicina da Universidade de Maryland, em Baltimore. Os remédios que contêm aspirina ou ibuprofeno devem ser evitados quando seu estômago está irritado.

Experimente com uma bolsa de água quente

Uma coisa que pode ajudar é uma bolsa de água quente colocada sobre o estômago. Certifique-se que não esteja demasiado quente ao tocá-la”, ele adverte.

Trate como fosse uma gripe estomacal

O mesmo que com a gripe estomacal, não há muito o que você possa fazer, exceto ficar calmo e esperar que vá embora. Cancele seus compromissos, descanse, tenha calma, e se console com o fato de que com certeza vai a passar, com muita probabilidade em 24 horas.

Reponha seu potássio

Os vômito e a diarreia podem diminuir as reservas de potássio de seu organismo, o que o pode deixar sentindo-se pior. Vinte e quatro horas depois de que começaram os sintomas (e, já espera, que esteja sentindo-se um pouco melhor), uma bebida esportiva ou uma “banana vai fazer com que o potássio volte ao normal.

Faça uma denúncia ao departamento de saúde

Se você for a única pessoa afetada por alguma refeição que talvez esteja contaminada, não é necessário informar sua condição. No entanto, se você foi um de um grupo de pessoas que comeram num restaurante ou em outro lugar, e mais de uma pessoa foi contaminada, avise o restaurante, seu médico, ou o departamento de saúde local. Se for uma infecção, tal como a disenteria, o departamento de saúde vai querer seguir a pista.

 

Como evitar infecção Alimentar

A melhor maneira de tratar uma intoxicação alimentar é, em primeiro lugar, procurar evitá-la. Mesmo que você não pode controlar as condições nos restaurantes que frequenta, você pode tomar várias precauções em sua própria casa.

As comidas misturadas, tais como as saladas de batata, saladas mistas com repolho e maionese, e outras comidas que contêm produtos lácteos, são propícias para o crescimento de bactérias, especialmente se não estão bem refrigeradas ou se foram deixadas fora da geladeira e colocadas no refrigerador mais tarde. Os piqueniques no verão são notáveis por essas condições.

Outro problema sucede durante os dias de festa quando a pessoa tende a descongelar e rechear os patos o asados horas antes de que cheguem os convidados, e os deixam fora do refrigerador por longos períodos de tempo.

Certifique-se de que os alimentos que estraguem se mantenham frios. Cozinhe muito bem o frango, a carne, e as carnes de caça, lave as mãos e lave as facas ou tesouras que usar para cortar a carne, bem em água muito quente e sabão depois de usá-los.

imagem: renegadehealth

publicidade

 

Leia Também:

Be the first to comment

Leave a Reply