Neurologia – O que é? Pra que serve? É perigoso? Como funciona?

neurologia-o-que-e-pra-que-serve-e-perigoso-como-funciona

As conseqüências do derrame podem ser até certo ponto atenuadas, se o doente submeter-se a massagens e exercícios físicos apropriados.

A especialização das partes do cérebro foi provada em operações cranianas, nas quais estímulos elétricos aplicados em certas regiões cerebrais provocavam movimentos musculares que sempre se repe­tiam no mesmo braço, por exemplo.

Isso demonstrou que a organiza­ção do cérebro é constante e semelhante em todos os indivíduos. Esses conhecimentos permitiram a elaboração de um “mapa” do sistema cerebral, com os respectivos movimentos físicos que coman­dam no corpo humano.

Com esse “mapa ‘ os médicos conseguem localizar a parte cerebral lesada, pela verificação das alterações motoras do doente, e, assim, orientar melhor o tratamento.

Neste artigo falaremos sobre Neurologia – O que é? Pra que serve? É perigoso? Como funciona?

Neurologia – O que é? Pra que serve? É perigoso? Como funciona?

NEUROLOGIA – FALTA DE SANGUE

Os chamados acidentes vasculares cerebrais isquémicos (AVC) caracterizam-se pela falta de sangue nas células do cérebro. Podem ser causados por uma embolia ou um trombo, que obstruem as artérias.

Se o paciente for portador de doenças tais como aterosclerose, cardiopatias, diabetes e outras. o A VCI será mais grave. Para os jovens, os prognósticos sio sem­pre mais favoráveis do que para os mais velhos.

Isso porque pes­soas mais idosas apresentam aquelas doenças com maior frequên­cia. Muitos pacientes acometidos de isquemias cerebrais voltam a ser vítimas dessa alteração. No entanto, a maioria morre de outras moléstias: enfarte do miocárdio, insuficiência cardíaca, lesões or­gânicas devidas à hipertensão,diabete e outras.

Os sobreviventes dos casos de A VCI poderão, por outro lado, apresentar sequelas como desvio da boca, dificuldade para caminhar, paralisia do bra­ço ou outras alterações. Os casos de acidentes vasculares cerebrais hemorrágicos (A VCH) são muito mais graves.

A evolução da doença é dramática, com agravamento progressivo do quadro: há perda de consciência, alterações do sistema neurológico e das fun­ções vitais, podendo sobrevir o estado de coma e a morte. Da mes­ma forma que nos A VCIs. os casos de morte ocorrem mais entre os pacientes idosos.

Se a pessoa sobrevive, não é comum que se repita o derrame. No entanto, as lesões cerebrais podem ser irrecuperáveis. Se a hemorragia atingir áreas menos importantes do cére­bro, ou se for restrita, suas consequências serão menores.

NEUROLOGIA – TRATAMENTO

O tratamento de urgência dos pacientes acometidos de A VC é oposto para cada um dos dois casos do dis­túrbio. Nas isquemias procura-se abrir as artérias, permitindo maior afluxo de sangue ao cérebro. Nas hemorragias tenta-se con­trolar o vazamento de sangue. Depois, ambos seguem orientação

bastante semelhante. Tanto nas isquemias quanto nas hemorragias, o tratamento é programado visando a preservar a vida, limitar, quanto possível o dano cerebral, diminuir as incapacidades e deformidades físicas e evitar repetições dos derrames.

O paciente deve merecer os cuidados gerais dispensados a todos os casos de enfermidades sérias. Porém, vencida a crise, não há necessidade de manter o doente no hospital. Dieta adequada, admi­nistração de soro e água em quantidade suficiente e outras medidas são cuidados que devem ser tomados, sempre sob orientação médi­ca.

Também é muito importante a mudança da posição do paciente na cama, para que não se formem feridas na pele. Exercícios físicos (movimentação dos membros atingidos) podem ser fritos com o auxilio de outras pessoas, para permitir que o doente vá readquirindo, aos poucos, a capacidade de movimentar-se.

Ao mesmo tempo em que se ministram medicamentos para re­gularizar a função vascular no cérebro, o médico adotará medidas para combater as complicações (doenças cardíacas, diabete e outras). A recuperação geralmente é lenta. Contudo, é sempre possível que o paciente recupere, total ou parcialmente, sua motilidade.

Neste artigo falamos sobre Neurologia – O que é? Pra que serve? É perigoso? Como funciona?

Imagem- liaalves.com.br



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos