Pontadas na Costela – Dor abdominal do lado ao correr

Você está correndo, ou andando de bicicleta, ou caminhando rapidamente quando de repente ataca uma dor aguda nas costelas. Cada vez que respira, a dor se torna mais intensa. Está atacando uma “pontada nas costelas“, uma dor abdominal do lado, ao correr e fazer exercícios, repentina e forte na parte superior do diafragma.

Ninguém sabe com segurança qual é a causa da pontada nas costelas, segundo o especialista em treinamento físico. Não há nenhuma investigação que pôde demonstrar o que é que realmente acontece com a pontada nas costelas. Continua sendo um dos mistérios do corpo.

A maioria dos especialistas acredita que uma pontada nas costelas é uma contração do diafragma, o músculo da respiração, uma membrana muscular grande e plana, que separa o peito e os órgãos abdominais, e que ajuda a forçar o ar para dentro e para fora dos pulmões. No entanto, exatamente por que o diafragma se contrai, é algo que continua sem se esclarecer.

Alguns dos especialistas acreditam que os exercícios como correr diminuem o fluxo de sangue para o diafragma, o que faz com que tenha um espasmo. Levantar os joelhos para correr contrai os músculos do estômago, o que aumenta a pressão no interior do estômago e pressiona o diafragma por cima.

publicidade

Causas

Durante o exercício, o ar tende a entrar nos pulmões com mais facilidade do que pode sair, e por isso os pulmões se enchem de ar e pressionam o diafragma de cima para baixo. Esta dupla pressão, comprime o diafragma e encerra o fluxo de sangue, o que resulta em contrações.

Outra teoria sugere que a dor da pontada nas costelas resulta de gás preso no intestino grosso. O exercício, tal como correr, acelera as contrações intestinais e empurra o gás para o final do cólon, ou intestino grosso. Se o cólon está bloqueado com material fecal duro, podem resultar em contrações. Alguns especialistas acreditam que, em algumas pessoas, a pontada nas costelas pode estar relacionada com alguma intolerância a produtos de trigo ou de leite. As pessoas com esse tipo de alergias, dizem que fazer exercícios dentro de um  período de 24 horas depois de comer esses alimentos pode resultar em contrações ou mesmo em diarreia. Outros especialistas sugerem que a pontada nas costelas pode ser causada por qualquer tipo de comida no estômago e por fazer exercício em excesso logo depois de comer.

Como Tratar  “pontada nas costelas” (dor do lado abdominal) ao correr e fazer exercícios

Enquanto os médicos discutem sobre o que causa a pontada nas costelas, você pode aprender a evitá-la, e se lhe ocorrer, a detê-la rapidamente. Aqui está como:

publicidade

Respire com o estômago

A maioria das pontadas da lateral resultam da respiração incorreta. A maioria das pessoas, especialmente os corredores novos, não respiram corretamente quando fazem exercícios. Não respiram com profundidade. As pessoas em geral aprendem a respirar usando somente os músculos da parte superior do peito em vez dos músculos do diafragma. Durante o exercício, quando necessitam de mais ar, respiram mais rápido e, menos profundamente.

A chave para evitar a pontada nas costelas é respirar profundamente com o estômago. Para ajudar a pessoa a aprender a respirar, o ideal é que as pessoas se deitem de costas com um livro sobre o abdômen. Faço-as respirar até que o ar chegue ao estômago. O livro deve se mover para cima quando respiram e para baixo quando expelem o ar.

Tente o exalar do “ronco”

Como durante o exercício é muito mais difícil esvaziar os pulmões que enchê-los, é importante que exale até chegar no estômago. Force o ar quando exalar empurrando para fora o abdômen, fazendo um som de ronco.

Vá mais devagar

Não estar em forma e fazer exercício com muita intensidade faz com que você respire rapidamente—e com menos profundidade. Sugere-se que reduza a intensidade de sua atividade. Vá mais devagar. Aumente sua capacidade num período de várias semanas.

Pare. Algumas pessoas, especialmente os corredores de competições, acreditam que devem continuar correndo mesmo que tenham uma pontada nas costelas. No entanto, a não ser que esteja em uma corrida, o melhor que se pode fazer é parar totalmente até que a dor passe.

Use a regra de “uma hora”. Se você comeu, espere pelo menos uma hora antes de fazer exercício. A comida no estômago não incomoda a algumas pessoas, mas a outras pode causar contrações.

Faça uma massagem. Cada vez que o sangue é negado a um músculo, este entra em espasmo e provocará a dor. A massagem aumenta a circulação e relaxa os músculos. Se você tiver uma pontada, faça uma massagem suave na área, com as duas mãos.

Use a técnica de “apertar e soprar”. Uma maneira de aliviar a pressão no diafragma é colocar profundamente os dedos no estômago, imediatamente debaixo das costelas do lado direito. Ao mesmo tempo, aperte fortemente os lábios e sopre o mais forte que puder.

Corra rapidamente. Uma das possíveis causas da pontada nas costelas é ter músculos abdominais e do diafragma, debilitados. Para aumentar a resistência e a força do diafragma, tente correr rapidamente algumas vezes por semana.

Fortifique os músculos abdominais. Músculos abdominais fortes podem ajudar a evitar a pontada nas costelas. Tente sentar parcialmente com a perna dobrada e levante os ombros uns 15 centímetros sobre o chão (provocam menos tensão nas costas do que sentar completamente). Ou deite-se de costas e levante as pernas esticadas a uns poucos centímetros sobre o chão e sustente-as por 20 a 30 segundos de cada vez.

Causas mais Graves

Algumas vezes, se confunde com pontadas nas costelas o que pode ser angina pectoris, uma dor séria causada por falta de oxigênio no coração. Procure um médico imediatamente se você tem uma dor que:

publicidade
  • Se origina debaixo do esterno, ou no pescoço, ou que se estende até embaixo pelo braço esquerdo
  • Está acompanhada de falta de ar
  • É causada por tensão emocional e/ou esgotamento físico

Be the first to comment

Leave a Reply