Ranger os Dentes dormindo – Como tratar em casa?

Todas as pessoas lidam com a tensão emocional de forma diferente. Para algumas pessoas sai uma úlcera, para outras sobe a pressão arterial, e outras rangem ou apertam os dentes.  Hoje em dia se acredita que a tensão emocional é a maior causa do ranger os dentes, dizem os pesquisadores dentais. No passado, se responsabilizava a uma mal oclusão (a forma em que seus dentes se encaixam entre si), e os dentistas lixavam os dentes para reajustar a mordida.

Numa porcentagem pequena de casos, os hábitos de dormir são os responsáveis. As razões pela quais as crianças rangem os dentes ainda não estão claras.

O problema com BRUXISMO, que é como se chama o hábito de ranger e apertar os dentes, causa o desgaste e deterioração dos dentes com o uso. Pode causar erosão do esmalte dos dentes, o que causa cáries e dentes sensíveis. Neste processo também se podem destruir trabalhos dentais caríssimos. E pode inclusive dar dor nos músculos da mandíbula, o que não deve ser confundido com a dor na articulação e nos sintomas do transtorno da articulação temporo-mandibular (mandíbula).

O rangido prolongado pode danificar a articulação da mandíbula de forma suficiente para causar osteoartrite. E pode aumentar a perda do osso numa doença periodontal (das gengivas), mesmo que na realidade não causa esta doença.

publicidade

 

causas-do-ranger-os-dentes

 

Você pode ter herdado a tendência a ranger os dentes.

O bruxismo é mais comum em pessoas entre os 20 e os 40 anos de idade.

Paradoxalmente, os que rangem de forma regular podem danificar-se menos do que os que rangem de forma intermitente—como sucede com os atletas de fim de semana que não estão em forma para atividades intensas. O rangedor regular pode desgastar-se os dentes, mas seus músculos se colocam mais fortes com o hábito.

Apertar pode fazer mais dano que ranger os dentes. As mandíbulas estão construídas para ranger ou mastigar, mas apertar os dentes coloca carga na mandíbula de forma isométrica e pode terminar causando trocas degenerativas na articulação.

As pessoas que rangem os dentes frequentemente percebem seu hábito. Pois acordam com a mandíbula rígida ou cansada, ou seu cônjuge ouviu o ruído durante a noite. Por outro lado, os que apertam podem ignorar que tem esse problema. Se você nota que a dor piora a medida que o dia avança, então é que você está fazendo um pouco durante o dia.

 

Tratamentos para Ranger dos Dentes

Aqui está o que você pode fazer para tratar de deter o bruxismo e para lidar com o mal-estar:

publicidade

Use um protetor durante a noite. Seu dentista pode fazer um dispositivo de plástico ou de acrílico para que você use pela noite. Este dispositivo vai redistribuir as forças do rangido e vai proteger seus dentes. É um pouco como dar golpes com a cabeça contra a parede e colocar uma almofada entre sua cabeça e a parede para que já não doa. As opiniões estão divididas quanto a realidade se realmente evita que ranja os dentes. Seu dentista vai querer vê-lo regularmente para ver se há algum movimento dos dentes ou cavidades que possam resultar do uso desse dispositivo. No entanto, mantenha em mente que para que o protetor noturno tenha algum benefício, você deve lembrar de colocá-lo.

Mantenha os lábios selados, mas os dentes não. Seus dentes somente devem tocar-se quando você mastigar ou engoli. deixe cair a mandíbula e sinta seus músculos relaxar—logo trate de manter essa sensação.

Tom um banho morno antes de deitar-se. Isto pode fazer com que relaxe temporariamente os músculos da mandíbula, mesmo que talvez não fiquem assim.

 

ranger-dos-dentes-bruxismo

 

 

Faça exercício. Isto significa seu corpo, não sim mandíbula. Uma caminhada ou outro exercício moderado pode ajudar-lhe a aliviar a tensão emocional que esteja causando o bruxismo.

Lembre-se a você mesmo. Se você aperta seus dentes durante o dia, pode colocar uma marca vermelha em seu telefone, decalques na pulseira de seu relógio, ou inclusive um cordão no seu dedo para lembrar-se que tem que manter a sua mandíbula relaxada.

Alivie a tensão emocional. Troque de trabalho, se divorcie, se case, tire as crianças de casa, pois se você pode aliviar a tensão emocional, pode também aliviar o seu bruxismo. Não esqueça que tanto as coisas boas como as coisas más podem causar tensão emocional. Pacientes dizem que não têm nenhuma tensão emocional, e em seguida continuam dizendo que tem um marido maravilhoso, dois filhos, um trabalho excelente, estão ativas nas atividades da escola das crianças, que fazem isto e aquilo, tudo é ótimo, mas está sobre carregada emocionalmente. (Veja o “Termômetro da Tensão Emocional.”)

publicidade

Aprenda técnicas para sobreviver aos problemas. Veja a um psicólogo ou a um psiquiatra. Faça um curso de reafirmação pessoal. Pratique técnicas como relaxamento progressivo, ou imagens guiadas, ou auto hipnose. Escute fitas de relaxamento. Em outras palavras, encontre algo que a ajude a controlar melhor a tensão em sua vida.

Tome um analgésico suave. O ibuprofeno, por exemplo, pode atenuar a dor e ajudar a relaxar os músculos rígidos.

Aplique calor. O calor úmido e morno é o melhor. O método mais simples é o seguinte: Molhe um pano em água quente, torça-o e coloque na mandíbula. pode usar uma almofada de aquecer, mas o calor úmido penetra melhor. Também é bom uma ducha quente. Pense nesses músculos como o lançador de beisebol trata os músculos doloridos de seu braço de lançar.

Faça uma massagem. Isto funciona para o resto de seu corpo, assim que experimente um massagem suave nos músculos da mandíbula.

Dê um descanso aos músculos de sua mandíbula. Evite por um tempo a carne, o pão de casca dura, e as espigas de milho. Seus músculos não podem tolerar tanta atividade. Além do mais, se os músculos doem, não mastigue chicletes.

 

Ranger os Dentes: Termômetro da Tensão Emocional

Médicos percebiam que havia mais evidências de ranger e apertar os dentes entre as mulheres quando seus maridos estavam viajando. Use seu bruxismo como um indicador de que você está se exigindo demais—é como tomar a temperatura da tensão emocional. Lembre-se que tem que ir mais devagar e pegar as coisas com calma.

publicidade