Dieta da USP Original com Cardápio (Passo-a-Passo)

Ao contrário do nome da dieta, este método de emagrecimento não tem confirmação de ter sido formulado ou estar associado a Universidade de São Paulo (USP).

Ela surgiu na década de 90 como mais uma fórmula de emagrecimento rápido e assim rapidamente ganhou adeptos. Então se você está procurando um método para perder peso, vale a pena entender um pouco mais sobre esta dieta antes inicia-la!

O que a Dieta da USP promete?

O maior atrativo desta dieta é a rápida perda de peso, cerca de 14kg em 14 dias.

Como funciona a Dieta da USP original?

Ela deve ser feita durante um período de 7 dias, podendo ser prorrogada por mais 7 dias.

publicidade

Esta dieta basicamente prioriza o consumo de alimentos fontes de proteínas (ovo, carne, frango) e restringe o consumo de alimentos fontes de carboidratos (arroz, pães, massas),  o café também é um componente diário nesta dieta.

 

Cardápio da Dieta da USP

 

1o Dia:

  • Café da Manhã: Café preto puro (sem açúcar ou adoçante)
  • Almoço: 2 ovos cozidos, mexidos ou omelete temperados com ervas a gosto.
  • Jantar: Salada de alface com pepino e salsão à vontade.

2o Dia:

  • Manhã: Café preto puro (sem açúcar ou adoçante)
  • com bolacha de água e sal.
  • Almoço: 1 bife grande com salada de frutas à gosto.
  • Jantar: Presunto à vontade.

3o Dia:

  • Manhã: Café preto puro (sem açúcar ou adoçante)
  • com bolacha de água e sal.
  • Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas.
  • Jantar: Presunto e salada temperada com azeite de oliva.

4o Dia:

  • Manhã: Café preto puro (sem açúcar ou adoçante) com bolacha de água e sal.
  • Almoço: um ovo cozido, uma cenoura e queijo minas à vontade.
  • Jantar: Salada de frutas e iogurte natural.

5o Dia:

  • Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café preto puro (sem açúcar ou adoçante)
  • Almoço: Frango grelhado à vontade.
  • Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura.

6o Dia:

  • Manhã: Café preto puro (sem açúcar ou adoçante)com bolacha de água e sal.
  • Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade.
  • Jantar: Dois ovos cozidos, mexidos ou omelete com cenoura.

7o Dia:

  • Manhã: Café sem açúcar.
  • Almoço: Bife grelhado e frutas à vontade.
  • Jantar: Comer o que quiser, exceto doces e bebidas alcoólicas.

Observações:

  • Deve-se consumir somente os alimentos listados nos horários indicados, sem fazer trocas ou substituições,
  • Água, chá e café puro podem ser consumidos livremente ao longo do dia durante a Dieta da USP.

 

Quais os benefícios e riscos desta dieta?

dieta-da-usp-original-cardapio

Devido ao evidente fato desta dieta apresentar uma importante restrição calórica, a perda de peso é um dos efeitos esperado, mas vale lembrar que cada organismo possui seu ritmo diferente de funcionamento e que o peso perdido pode variar de pessoa para pessoa. Ainda, é importante ressaltar que dietas restritivas como a Dieta da USP costumam apresentar mais malefícios do que benefícios a nossa saúde, sendo alguns deles:

 

– Dietas restritivas são difíceis de serem mantidas por longo tempo devido a grande monotonia de alimentos permitidos.

publicidade

– Efeito sanfona: após um dieta muito restritiva e a retomada de uma alimentação normal, é comum que ocorra o famoso “efeito sanfona”, aonde se recupera o peso perdido com rapidez e em muitos casos até se ganha mais peso do que aquele antes de iniciar a dieta. Isso ocorre devido a uma espécie de efeito rebote do nosso corpo após passar por um período de “escassez” de nutrientes e calorias, numa tentativa de cria um estoque corporal caso esta falta de alimentos torne a acontecer.

– Diminuição de massa magra (muscular): os carboidratos são uma fonte primordial de energia para nosso corpo, quando ocorre sua restrição, o corpo busca outras fontes para obter energia para manter seu funcionamento,  e então os músculos podem ser utilizados como substrato, levando assim a uma perda de massa muscular.

– Alto consumo de gorduras saturadas: estas estão presentes especialmente em alimentos de origem animal, como carne e embutidos, que são alimentos priorizados na dieta da USP. O alto consumo de gordura saturada está associado a maior risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e crônicas (obesidade, diabetes), portanto seu consumo deve se feito com moderação.

Outros efeitos colaterais: dietas restritivas também podem causar uma série de possíveis efeitos colaterais indesejáveis como tontura, fraqueza, dor de cabeça.

 

Então será que vale a pena?

Visto todos os prós e contras da dieta da USP, fica claro que esta dieta, assim como vários outras divulgadas por aí, não são exatamente a melhor forma de perder peso.

Lembre-se que mais importante que a perda de peso em si é a perda de peso com saúde, portanto se você busca emagrecer, o melhor caminho é sempre procurar um profissional de saúde que te auxilie numa perda de peso com uma alimentação balanceada e que traga somente benefícios a sua saúde e bem estar!

publicidade