Alergia Respiratória – Sintomas e Como Aliviar

Na primavera, o pólen. No verão, o ar contaminado. No outono, as folhas que caem. No inverno; o pó dentro da casa. Para milhões de brasileiros, cada mudança de estação traz consigo sua própria classe de alergias e irritações. Para as pessoas que sofrem de febre de feno comum e alergias, estas mudanças podem causar sintomas que vão desde um contínuo e incômodo pigarro até um ataque de alergia sério, com tosse, espirros e olhos lacrimejantes. Para outros pacientes de alergia respiratória, como os que padecem de asma alérgica ou alergia as picadas de abelhas, as reações podem ser fatais.

Em muitos casos, os sintomas das alergias são difíceis de diferenciar dos sintomas de outras doenças, como um resfriado, uma deformação do nariz ou intolerância alimentícia. Por esta razão, muitos médicos sugerem que as alergias sejam diagnosticadas corretamente por um médico especialista em alergias e que evite a auto-administração de medicamentos não apropriados ou outros tipos de remédios.

Além do mais, muitos daqueles que padecem de alergias podem se beneficiar da grande variedade de tratamentos que existem hoje em dia, tais como os novos anti-histamínicos que são receitados, e que não causam sonolência, corticosteroides nasais, e injeções para a alergia que podem dar imunidade a um alergênico específico (alergênico é qualquer substância, tal qual o pólen, que causa uma reação alérgica). Se você não for ao médico, pode estar perdendo a oportunidade de usar um tratamento que poderá ser de grande utilidade.

No entanto, muitas alergias leves, tais como a febre de feno sazonal ou uma alergia a gatos, podem ser tratadas com uma combinação de anti-histamínicos vendidos sem receita, os quais devem ser usados corretamente, e mais uma ampla variedade de estratégias para reduzir ou eliminar sua exposição aos alergênicos que lhe afetam particularmente.

publicidade

 

Como evitar e aliviar a alergia respiratória

alergia-respiratoria

Os seguintes conselhos foram criados para lhe ajudar a reduzir o mal-estar causado pelas alergias mais comuns. Podem ser usados, sozinhos se suas alergias são moderadas, ou em combinação com o tratamento dado pelo especialista.

Evite a causa

Algumas vezes, a melhor maneira de reduzir o mal-estar de uma alergia é evitar até onde seja possível, o contato com o agente alergênico. Tome todas as medidas práticas. Por exemplo, se você é alérgico a gatos, evite visitar as casas de amigos que os tenham. Se você tem que estar perto de gatos, faça da sua visita a mais curta possível e evite tocar ou carregar o animal.

Enxague os olhos

Se seus olhos estão irritados e coçam, e você não tem acesso ao medicamento para a alergia, enxague os olhos com água limpa e fresca; isto vai lhe ajudar a acalmar o mal. Mesmo que este remédio não seja tão efetivo como um anti-histamínico, pode estar seguro que não vai lhe causar nenhum mal.

publicidade

Experimente uma toalha morna

Se os canais da sinusite estão congestionados e doloridos, uma toalha embebida em água morna pode fazer com que as coisas fluam um pouco melhor, coloque a toalha sobre o nariz e na área superior das bochechas e procure relaxar por uns minutos.

Use uma solução salina

Borrife o nariz com uma solução salina, pois vai lhe ajudar a acalmar as alergias da parte superior das vias respiratórias. Isto faz com que se eliminem os fatores irritantes que se instalam no nariz e que causam as inflamações. A solução também pode eliminar algumas das mesmas células inflamatórias.

Lave o cabelo

Se tiver passado muitas horas fora durante a temporada de pólen, lave o cabelo quando voltar para casa para eliminar o pólen. O material pegajoso tende a acumular-se no cabelo, o qual faz com que ele seja mais facilmente transmitido aos olhos.

Tome um banho

Se você acorda no meio da noite com uma crise de alergia com espirros, uma ducha quente irá retirar os resíduos de pólen que se acumularam em seu corpo durante o dia. A água morna também vai fazer com que você relaxe e volte a dormir, acrescenta.

Use óculos para o sol

Nos dias em que estiver ventando durante a temporada de pólen, um óculos de sol pode lhe ajudar a proteger seus olhos dos alergênicos carregados pelo vento. Para uma proteção adicional, experimente um óculos de sol que tenham proteção dos lados ou qualquer outra proteção para os olhos.

Proteja-se do vento

Os fatores contaminantes no ar podem aumentar as alergias e até podem ser a causa de alergias para algumas pessoas. Ele recomenda ficar fora o menos possível nos dias em que o vento esteja contaminado, ou usar uma máscara cirúrgica, especialmente se for fazer algum exercício fora. “A máscara não vai proteger completamente, mas vai ajudar.

Converta sua casa em zona de não fumantes. Não permita que fumem em sua casa ou apartamento. A fumaça do cigarro é um irritante notável, que causa ou agrava as alergias respiratórias.

Mantenha as janelas fechadas

A maioria dos brasileiros, com exceção dos que tem trabalhos ao ar livre, passam a maior parte do tempo em ambiente interno. Durante a temporada de pólen, isto é uma grande vantagem para os que tem alergias ao pólen. O melhor que se pode fazer, para as alergias ao pólen, é manter as janelas fechadas.

As janelas fechadas mantém o pólen fora da casa ou apartamento. Para os que sofrem por causa do pólen, durante a temporada dele, na realidade não existe ar fresco. Os purificadores de ar podem ajudar a eliminar o pólen de dentro, mas tendem a agitar o pó, ele acrescenta.

Coloque um filtro no seu aspirador

É importante que quando limpe, você não recicle os fatores alérgicos para dentro da casa. Por exemplo, não adianta nada se você usa o aspirador de pó e as partículas pequenas de pó voltam para o ar quando você está aspirando. Ele recomenda que se ponha um filtro no condutor de escape do aspirador, se seu aparelho é do tipo com depósito (os verticais geralmente não contém esse condutor de escape). Se o pó o incomoda muito e se você tem condições financeiras, invista em um sistema de aspiração de potência industrial.

Limpe o pó com um pano úmido

É importante limpar o pó pelo menos uma vez por semana— mas se o fizer de forma incorreta, pode agravar as alergias respiratórias. Ele recomenda evitar o uso de espanadores, já que eles tendem a dispersar o pó, e ao invés disso usar um pano úmido para controlar o pó. Os aerossóis limpadores de pó podem emitir cheiros que podem piorar as alergias, ele acrescenta.

Não limpe

Se limpar o pó piora suas alergias, não o faça. Recomenda-se que em vez de fazer isso você mesmo, peça que seu companheiro/a ou algum membro da família o faça, ou se for possível, que contrate uma empregada ou faxineira.

Elimine a umidade

Os ácaros de pó (insetos microscópicos que geralmente são os responsáveis pelas alergias ao pó) crescem muito bem nas áreas úmidas. Ele recomenda investir em um aparelho desumidificador ou usar um condicionador de ar, que também sirva de umidificador. Um desumidificador também ajuda a evitar que prolifere o mofo, outro agente de alergias. Quando cozinhar ou tomar uma ducha, use o ventilador de ar—que é outra maneira de reduzir ao mínimo a umidade.

Pense antes de queimar

Mesmo que seja comum queimar o lixo caseiro ou das construções, isto talvez não seja uma boa ideia. A madeira tratada com metais pesados ou outros materiais tratados com substâncias químicas irritam a todo mundo, e as pessoas que são alérgicas ou asmáticas vão ter proporcionalmente mais problemas. Também, preste atenção ao que usa na lareira. Agora, o melhor que pode fazer é ficar longe da lareira quando ela está em uso.

Reduza a fumaça

A fumaça da madeira causa um problema especial para muitas pessoas com alergias respiratórias. Ele explica que nas cozinhas à lenha, o maior problema é “abafar” o fogo, ou seja reduzir a quantidade de oxigênio para baixar a temperatura do fogo. Ao abafar o fogo se liberam toxinas irritantes que se misturam ao ar, que logo são respiradas por você e seus vizinhos.

Outra pessoa deve cortar a grama

Durante a temporada de pólen, é melhor que as pessoas que são alérgicas a ervas arrumem outra pessoa para cortar a grama. Procure saber quando é a temporada de pólen na sua cidade. Aqui no Nordeste dos Estados Unidos, eu digo as pessoas que não o façam entre o mês de Maio e o quatro de Julho.

Dê banho em seu animal de estimação

Um truque pouco conhecido para os donos de cachorros ou gatos que são alérgicos ao pêlo dos animais: Dê banho em seu animal com frequência. Existe forte evidência de que simplesmente dar banho ao animal em água morna reduz significativamente a quantidade de agentes alérgicos que se encontram no pelo do animal.

Os animais soltam substâncias de suas glândulas sudoríferas e de sua saliva— estas substâncias são solúveis em água e podem ser eliminadas com o banho. Se você tem um gato e não aceita a ideia de lhe dar banho por ter medo de ser arranhado.

publicidade

 

Leia Também: