Artrite Reumatoide e Osteoartrite – O que É e Como Tratar

Poucos de nós chegaremos a idade madura sem nos unir ao grupo que sofre de alguma forma de artrite ou doença reumática. Se você sofre de alguma dessas doenças, este artigo vai lhe interessar. Mesmo que não existam curas, tem alguns passos que você pode seguir para aliviar o mal-estar e recuperar o controle de sua vida. Existem mais de 100 formas diferentes de artrite e doença reumática, com uma grande variedade de causas. Entre algumas delas esta a osteoartrite, artrite reumática, a gota e a do tipo lúpus.

 

Diferença entre Osteoartrite e Artrite Reumatoide

A osteoartrite ocorre, normalmente, em indivíduos idosos. Também pode ser causado por stress ou movimentos repetitivos.

Já a artrite reumatoide pode afetá-lo independentemente da sua idade, inclusive crianças. Felizmente, é algo relativamente raro.

A osteoartrite se caracteriza principalmente pela desintegração e perda da cartilagem das articulações. A cartilagem é o tecido resistente que separa e serve como almofada aos ossos de uma articulação. A medida que a cartilagem se desgasta e os ossos começam a ter atrito entre si, a articulação se deteriora. Na osteoartrite esta dissolução da cartilagem está acompanhada por uma inflamação mínima, e endurecimento do osso debaixo da cartilagem, e estímulo (crescimento) do osso ao redor das articulações. Eventualmente, afeta a todas as pessoas de idade madura.

Por outro lado, a artrite reumática não é uma consequência inevitável da idade madura. Por razões que não se conhecem, a membrana sinovial, ou recobrimento de uma articulação, se inflama, e consequentemente produz dor, inchaço, calor e avermelhamento.

 

Os pesquisadores estão começando a entender o que faz com que algumas pessoas tenham predisposição a artrite. Uma chave para este mistério é: Existem indicações de que o colágeno, que contribui na formação da cartilagem do corpo, pode ser deficiente em algumas pessoas.

Mesmo que você não possa curar sua condição, pode ao menos adotar uma variedade de técnicas que lhe ajudarão a ser mais ativo e a ter mais controle sobre sua vida.

 

artrite

 

DICAS PARA MELHORAR A RIGIDEZ E O MAL-ESTAR

Aqui estão algumas recomendações que vão lhe ajudar a aliviar o mal-estar e a voltar a levar uma vida mais normal.

Mantenha-se em movimento.

Mantenha em movimento suas articulações o mais que puder. Isto fará com que elas funcionem melhor por mais tempo, e ao mesmo tempo, lhe dará uma visão mais positiva da vida. Todos os pacientes devem manter-se ativos. Lembre-se que mesmo os pequenos movimentos significam muito. Se tudo o que você pode tolerar é fazer um pouco de limpeza na casa ou trabalhar no jardim, isso também já é suficiente.

Exercício, exercício, exercício!

Os exercícios são mais eficazes quando a inflamação já tenha acalmado. Existem diferentes tipos de exercícios que são usados para ajudar aos que sofrem de artrite. Os exercícios mais importantes e mais fáceis de serem feitos para quase todos os pacientes de artrite são chamados de exercícios de alcance de movimento. Eles ajudam a manter um bom movimento das articulações através de seu alcance completo de movimentos.

 ARTRITE

Os exercícios isométricos, com os quais se cria resistência ao tencionar um músculo sem mover a articulação, podem ajudar a fortalecer os músculos. Os exercícios com peso, tais como caminhar, também aumentam a força muscular. Mesmo que os exercícios para adquirir mais força podem ser benéficos para os que sofrem de artrite, somente devem ser feitos sob a supervisão e os cuidados de um terapeuta ou médico. E, nenhuma pessoa que sofra de alguma doença cardiovascular deverá fazer os exercícios de resistência múltipla por períodos prolongados de tempo.

Em todos os tipos de exercícios, o primeiro passo que se recomenda frequentemente é se estirar, isto ajuda a dar mais flexibilidade aos músculos. Mesmo assim, esquentar as articulações antes de começar qualquer exercício, vai lhe dar mais flexibilidade. Faça uma massagem nos músculos e/ou faça compressas quentes ou frias, ou ambas, dependendo de qual seja a recomendada pelo seu médico ou terapeuta, ou a que você preferir. Outra maneira de se aquecer é tomando uma ducha com água morna. (Ver “Quente ou Frio: O que é Melhor?”)

Exercite suas mãos na água.

Para maior alívio e bem estar faça seus exercícios para as mãos em um recipiente cheio de água morna.

Não se exceda.

Uma “receita útil” que você pode usar para saber se você se excedeu em sua rotina de exercícios. Veja como você se sente algumas horas depois de seu exercício e 24 horas depois. Se a dor aumentou muito durante esse período, é hora de reduzir a frequência e quantidade de exercícios que faz. No entanto, se a atividade lhe deu alívio, você encontrou um exercício apropriado. Projete a sua rotina incluindo os exercícios que lhe dão mais alívio e os que fazem você se sentir melhor .

 

 Exercícios para Aliviar a Artrite

Estes exercícios são recomendados pela Fundação da Artrite. Para melhores resultados, faça-os de maneira uniforme, consistente e sem pressa; não faça movimentos bruscos, ou com muito esforço. Não prenda a respiração, respire da maneira mais natural possível. Se for possível, faça cada exercício de cinco a dez vezes. Não continue se perceber que algum dos exercícios lhe causa dor no peito, alguma outra dor ou o deixa sem fôlego. Quando suas articulações estiverem inflamadas, o melhor é não fazer os exercícios e descansar. Se tem alguma pergunta fale com seu médico ou seu terapeuta. E lembre-se: Pode passar algum tempo antes que sinta os benefícios dos exercícios regulares, portanto, tenha paciência consigo mesmo.

  • Ombros: Deite de costas e levante um braço sobre a cabeça, mantendo estirado o cotovelo. Mantenha o braço perto da orelha. Volte lentamente o braço para seu lado. Repita com o outro braço. Joelhos e quadris: Deite de costas com um joelho dobrado e com o outro o mais estendido possível. Dobre o joelho da perna estendida e leve-a ao peito. Estenda no ar a mesma perna e baixe a perna estendida até o chão. Repita com a outra perna.
  • Quadris: Deite de costas com as pernas estendidas e a uns 15,2 cm de distância. Aponte os dedos dos pés para cima. Deslize uma perna para o lado e volte a posição, procure manter os dedos apontados para cima. Repita com a outra perna. Joelhos: Sente numa cadeira alta o suficiente para poder balançar as pernas. Mantenha a coxa na cadeira e estenda o joelho. Mantenha essa posição por uns poucos segundos. Depois dobre o joelho o mais que puder para voltar a posição inicial. Repita com o outro joelho.
  • Tornozelo: Sente numa cadeira e levante os dedos dos pés o mais alto que puder do chão, mantendo os calcanhares no piso. Volte os dedos dos pés ao chão e levante os calcanhares o mais alto que puder. Repita.
  • Dedos: Abra as mãos com os dedos estendidos. Dobre todas as articulações dos dedos, menos os nós dos dedos. Toque a parte de cima da palma da mão com a ponta dos dedos. Abra a mão e repita.
  • Polegar: Abra a mão com os dedos estendidos. Mova o polegar através da palma da mão até tocar a base do dedo mindinho. Estenda de novo o polegar e repita.

Rotinas para Aliviar a Dor da Artrite

Brinque numa piscina. Se encontra dificuldades em fazer os movimentos principais, uma piscina comum ou de hidromassagem aquecida pode ser o lugar perfeito para que você faça seus exercícios (desde que não sofra de pressão arterial alta, pois nesse caso deve evitar a piscina de hidromassagem e os banhos quentes). Faça alguns dos exercícios principais quando estiver na água.

O efeito de flutuação lhe ajudará a reduzir a tensão em suas articulações e, a água morna ajudará a amolecer suas articulações e a manter o movimento e a força. Um banho com água morna lhe permitirá aumentar seus movimentos. De fato, até uma ducha com água morna lhe pode ajudar: Deixar cair o jato de água nas suas costas, por exemplo, lhe ajudará a reduzir a dor nas costas.

Não use em excesso os cremes vendidos sem receita. Estas pomadas de fricção de efeito sedativo oferecem alívio temporário ao aquecer as articulações . No entanto, o uso frequente poderá ativar enzimas que desintegram a cartilagem das articulações .

Coloque um cachecol. Não só em volta de seu pescoço, mas em volta de seu cotovelo e do seu joelho quando sentir dor. O melhor é usar um cachecol de lã. No entanto, tenha cuidado de não o deixar muito apertado, já que você não deve interferir na circulação.

Coloque luvas elásticas. As luvas elásticas podem, de fato, reduzir o inchaço que de vez em quando acompanha a artrite. E o calor que se cria ao cobrir as mãos pode fazer com que as articulações se sintam melhor. O uso de roupa de baixo térmica pode ter o mesmo efeito de aquecimento sobre as articulações.

Arrume luvas elétricas. Os caçadores usam estas luvas ativadas por baterias que lhes mantém as mão quentes nas frias manhãs nos bosques. As luvas podem manter suas mãos quentes e sem dor. Ela recomenda que as use durante toda a noite enquanto dorme.

Durma em um saco de dormir. Se não lhe for possível dormir em uma cama de água, tente um equipamento usado para acampar ao ar livre. O efeito de cápsula que ocorre num saco de dormir mantém o calor, o que pode ajudar a aliviar as dores e o mal-estar da manhã. Ele soube dos efeitos terapêuticos dos sacos de dormir quando muitos de seus pacientes lhe disseram que sentiam alívio quando dormiam em sacos de dormir colocados sobre suas camas.

Consiga plumas de ganso. Existe um  caso de um médico norueguês que estava hospedado em um hotel simples durante uma viagem de negócios para Nova Iorque. O médico, que sofria de dores de artrite, dormia tranquilo todas as noites na cama do hotel e toda manhã acordava sem dor. A cama tinha acolchoado e travesseiros de pluma de ganso. O calor da cama foi o responsável pelo alívio. Para as pessoas que são alérgicas a plumas de ganso, um acolchoado elétrico pode trazer algum alívio.

Cuide de seu peso. O excesso de peso coloca mais pressão sobre as articulações. De fato, um aumento de peso de 4,54 quilos pode significar um aumento equivalente em pressão para os joelhos de 18,14 quilos. Se você tem peso em excesso, perder peso pode ajudar a melhorar o funcionamento de suas articulações. As pessoas que perdem peso podem reduzir a evolução de sua osteoartrite.

Questione os remédios cura-tudo. Algumas pessoas frustradas pela dor crônica da artrite, prestam atenção a uma grande quantidade de promessas que oferecem 100% de alívio.

Leia Também: