Asma Brônquica – Causas, Sintomas e Tratamentos

Se você sofre de asma brônquica, conhece a temida sensação de falta  de ar, o desmaio e a ansiedade. É como se alguém o obrigasse a correr ao redor do quarteirão, tampar seu nariz e o forçar a respirar por um canudo de refresco. Também sabe muito bem que uma vez que se inicia um ataque de asma, ele não desaparece sozinho.

Como Evitar os Germes que Prejudicam quem tem Asma?

Os fungos se multiplicam por meio da produção de germes. Estes germes são o verdadeiro problema, já que milhões deles flutuam no ar e os inalamos ao respirar, o que dá origem a uma reação alérgica que pode contribuir para o ataque de asma. Para evitar os germes aconselha-se que:

  • Mantenha as janelas fechadas O bolor do mofo pode entrar pelas janelas, mesmo que elas tenham telas metálicas.
  • Mantenha-se longe do sótão, subsolos e outros lugares úmidos e que possam ter mofo.
  • Use uma máscara facial e inspecione seu banheiro para ver se tem sinais de mofo. (É melhor que um membro da família que não sofra de alergias faça essa inspeção). Os lugares mais comuns para o crescimento dos mofo são os lugares escuros como atrás dos armários e debaixo dos lavabos.
  • Inspecione com regularidade os armários para estar seguro de que não há mofo instalado nos sapatos e botas que não foram usados por algum tempo.
  • Periodicamente, faça com que um familiar ou amigo inspecione o interior dos aparelhos de ar condicionado, umidificadores e vaporizadores de sua casa; é ali onde o mofo gosta de crescer.
  • Olhe as plantas de sua casa periodicamente para verificar se tem fungos. Mesmo porque, a eliminação do mofo também é benéfica para suas plantas.

bronquite

 

Dicas para Seguir durante o Tratamento da Asma

O tratamento da Asma precisa ser realizado com o acompanhamento médico. Abaixo apresentamos algumas dicas para serem aplicadas em sua rotina para trazer uma maior qualidade de vida para quem possui Asma brônquica.

 Faça as pazes com o pólen

O pólen se produz quando as plantas estão em floração; as árvores na primavera, a grama no final da primavera e começo do verão, e a erva ambrósia desde meados de agosto até a primeira geada. As plantas polinizadas pelo vento são para os asmáticos um problema muito maior que as que são polinizadas por insetos. A meta deve ser aprender a viver com o pólen, não a esconder-se dele.

publicidade

Ele recomenda evitar cortar a grama e inclusive estar fora quando a estejam cortando. Mantenha as janelas fechadas, o mais que puder; o pólen também pode passar através das telas metálicas. Use, ao invés disso, um ar condicionado para refrescar sua casa.

Também podem ser obtidos purificadores de ar para os quartos os quais purificam e circulam o ar; eles eliminam todo o tipo de partículas suspensas no ar, e limpam o ar passando-o através de um filtro de carvão. Depois de estar no meio do pólen, tire a roupa e coloque-a para lavar, ou passe o aspirador em suas roupas. Tome um banho e não se esqueça de lavar o cabelo.

Evite o contato com os animais domésticos

estrutura-pelagem-do-cachorro

A melhor ideia é não ter nenhum animal que possa fazer desencadear a sua asma. O problema não é o pelo ou a pele dos animais, mas sim a caspa, que é a pele morta e seca que cai em forma de escamas. O animal lambe o pelo ou a pele e a caspa fica na sua saliva.

publicidade

Se você já tem uma animalzinho, não abra mão dele, jamais!

A alternativa é manter regras muito restritas para viver com um animal que lhe causa alergia. Nunca permita que seu animal entre no dormitório. Se o animal esteve no dormitório por algum tempo durante  o dia, sua caspa vai permanecer por dias.

Deixe seu animal em casa se você for sair de carro, já que isto significaria estar em contato mais próximo do animal. Se tem algum contato direto com seu animal (ou com qualquer outro animal), lave as mãos imediatamente.

Se realmente quer acariciar o seu animalzinho, evite contato direto com seu rosto; não o beije, jogue seus beijos no ar, seu animalzinho perceberá o gesto. Além do mais, trate de dar banho em seu cachorro ou gato cada duas semanas, com água morna e sem sabão.

Se der banho desta maneira em seu animal você vai ajudar a reduzir significativamente a quantidade de agentes alérgicos do seu pelo ou pele.

Largue o vício de fumar

fumar-asma

A fumaça do tabaco pode ser um irritante que desencadeia a asma e, além do mais, um agente alérgico que causa respostas alérgicas que conduzem a asma. A fumaça do tabaco é um dos piores irritantes que se conhece: Paralisa os diminutos aios filiformes das membranas mucosas das vias respiratórias.

Também reduz as respostas imunológicas e deixa o fumante muito mais suscetível a infecções das vias respiratórias superiores. A fumaça do tabaco não tem nenhuma propriedade positiva. Tomando como base os conhecidos riscos associados com o fumar, os pacientes com asma devem fazer todo esforço para deixar de fumar—seja por si mesmos ou com a ajuda de programas para deixar de fumar”.

As pessoas asmáticas que não fumam mas que vivem com fumantes, não estão em melhores condições. Se há alguém em sua casa que não pode deixar de fumar, peça que fume do lado de fora.

 

Tome cuidado com mudança de clima

Mesmo que cada pessoa responda de forma diferente a mudanças e variações do clima, existem linhas gerais que se podem destacar. Preste especial atenção a forma em que o clima o afeta. (Isto significa que se deve prestar atenção a fatores como: temperatura, velocidade do vento, a pressão barométrica e a umidade).

Logo, trate de evitar as condições que lhe causam problemas. Por exemplo, permaneça dentro de casa quando estiver muito frio, já que uma corrente de ar frio pode causar-lhe espasmos nos brônquios. Também, fique dentro se o vento estiver muito forte.

Mesmo que as correntes de ar possam levar embora o ar contaminado, também podem trazer o pólen em sua direção. Se você gosta de andar em dias de chuva, você tem sorte, pois a chuva lava os agentes alérgicos contaminadores e irritantes suspensos na atmosfera.

 

 Vigie o que come

dieta-alimentos-saudaveis

Ainda não se tem esclarecido satisfatoriamente dúvidas sobre quais comidas, provocam a asma crônica. Alguns alimentos, como nozes, mariscos, leite, ovos e morangos, podem provocar uma variedade de respostas alérgicas, incluindo sintomas de asma.

Mesmo que as informações disponíveis hoje em dia sugerem que existem poucas possibilidades de que as alergias alimentares provoquem asma crônica em adultos, sempre é prudente reduzir ou eliminar o consumo dos alimentos que parecem piorar a asma.

Mas o melhor é perguntar ao seu médico, se você achar que esses alimentos, são importantes do ponto de vista nutricional.

Comer fora de casa, às vezes pode apresentar problemas. Se for convidado à um jantar, e não souber do que consiste o cardápio, coma algo em casa antes de sair e assim não ficará com fome. Se for comer em um restaurante, pergunte quais são os ingredientes do prato e o método de preparação. Não importa onde coma, o senso comum vai lhe sugerir que deve evitar comer demais, comer depressa ou falar quando está comendo.

É importante também manter-se longe das bebidas alcoólicas, especialmente se está tomando medicamentos para a asma. Um lembrete final: Evite as chamadas provas de cito toxicidade e métodos da mesma índole que lhe prometam erradicar as alergias alimentares ocultas e curar a asma.

 

Faça exercício

Metabolismo das Gorduras

Há anos, as pessoas com asma, ouvem que devem evitar exercícios, pois eles podem provocar ataques. No entanto, as pesquisas adquirir de suportá-los. Se você sofre de asma, deve fazer exercícios aeróbicos de tem demostrado que quanto mais exercícios os asmáticos fizerem, maior capacidade irão recomenda começar com exercícios moderados de aquecimento antes de continuar com os exercícios mais vigorosos.

Evite usar aspirinas

As aspirinas e certos produtos que contém aspirina podem provocar ataques de asma em algumas pessoas. Se você sofre de asma é prudente que não use nenhum dos produtos da família das aspirinas. Isto se aplica principalmente, as pessoas que tenham pólipos nasais, pois neste caso tomar aspirina pode ter consequências fatais.

Mesmo que estas pessoas nunca tenham tido um ataque de asma antes, poderão tê-lo a qualquer momento. Sugere-se as pessoas com asma que leiam as bulas de cada remédio vendido sem receita, para que não coloquem aspirinas e seus derivados na farmácia de casa.

 Respire fundo

Os exercícios de respiração levam a uma forma de relaxamento que podem beneficiar alguns pacientes durante um ataque de asma. No entanto, seria errôneo depender somente dos exercícios de respiração para controlar um ataque de asma. Sempre que não se quebre esta regra, os exercícios de respiração, são bons para os pacientes que os consideram benéficos. Você pode praticar respiração controlada, que consta de inalações lentas pelo nariz ao invés de respiração ofegante pela boca.

 

Mantenha seu peso baixo

Infelizmente, alguns remédios para a asma podem aumentar o seu peso. Uma pessoa com o peso já acima, tem que respirar mais, e o coração trabalha mais para poder bombear o sangue para todo o seu corpo. Perder peso é muito importante. Se você está acima de seu peso, tem que trabalhar junto com seu médico para estabelecer uma dieta que reduza suas calorias sem ter que privá-lo de substâncias nutritivas necessárias.

Preste atenção em sua mente

A ideia de que a asma está na cabeça está na concepção de muitos médicos. A asma é uma doença com aspectos físicos e emocionais. Por exemplo, os ataques de asma podem ser provocados por mudanças emocionais, como rir ou chorar, ou pela tensão nervosa.

O corpo humano interage com a mente, portanto, se você tranquilizar sua mente, você pode reduzir drasticamente o sentimento de pânico que pode piorar o ataque de asma do momento. Ele recomenda desenvolver um estado mental otimista que propõem a si mesmo sentir-se melhor.

Uma atitude positiva faz maravilhas na melhora de todos os métodos para superar a asma. Além do mais, seja franco sobre sua asma; outras pessoas vão respeitá-lo e na maiorias das vezes facilitar sua vida com respeito a asma.

Aprenda a se relaxar

Já que a tensão e os problemas emocionais podem provocar os ataques de asma, seria benéfico se todos os dias sempre a mesma hora fizesse alguma forma de relaxamento.

publicidade