Aterosclerose – O que é? Causas e Tratamentos

A aterosclerose está hoje relacionada às doenças mais mortíferas. Os estudiosos do naturismo médico consideram as enfermidades ateroscleróticas do aparelho circulatório um dos mais caros tributos pagos pelo homem moderno aos seus hábitos.

Que é aterosclerose?

Na aterosclerose, os vasos sanguíneos, que levam nutrientes ao corpo, com o passar do tempo vão ficando obstruídos por depósitos de partículas gordurosas e outros elementos sólidos, como cálcio, células musculares em degeneração, tecidos fibrosos e coágulos. Esse “entupimento” diminui a quantidade de oxigênio que determinados setores do corpo deveriam receber para o seu funcionamento normal.
Portanto, os vasos sofrem estreitamento ocasionado pelos referidos depósitos, que formam protuberâncias ou placas no seu interior. Essas placas são chamadas aferomo ou placas peroláceas.

Pessoas que apresentam altos níveis de colesterol circulante são mais sujeitas à aterosclerose. O modo de vida moderno, de que constam hábito de fumar, alimentação de má qualidade e estresse emocional, é o grande causador de aterosclerose.

Excesso de gordura na alimentação, especialmente gordura animal (que contém colesterol e gordura saturada), excesso de sal, fumo, obesidade, hipertensão arterial, estresse e falta de exercícios físicos são alguns dos chamados “fatores de risco para as doenças ateroscleróticas dos vasos”, pois se acham intimamente ligados à angina do peito, ao enfarte do miocárdio e a outros acidentes vasculares, como o “derrame” cerebral. A vida moderna, com seus hábitos nocivos à saúde, é em grande parte responsável pelo desenvolvimento dessas doenças tão comuns como graves.

 

Sintomas

A aterosclerose é doença insidiosa, pois não alerta para o seu desenvolvimento. Sem que saibamos, vai acontecendo progressiva destruição dos vasos. O primeiro “sintoma” pode ser, em alguns casos, derrame ou enfarte fulminante. Por isso, é fundamental prevenir.

Nos casos mais “felizes” a aterosclerose dá o aviso por meio de angina pectoris, que é o estreitamento dos vasos no coração, com conseqüente diminuição do fluxo de oxigênio- O mesmo pode acontecer nos músculos das pernas, instalando-se a claudicação intermitente. No cérebro, a diminuição do fluxo de sangue pode provocar tonturas e alguns sintomas de “derrame”, que passam em mais ou menos um dia, caracterizando o ataque isquêmico transitório, que o povo chama de “ameaça de derrame”.

aterosclerose
aterosclerose – imagem: diabetv

Fatores de risco

Especial cuidado se deve tomar, particularmente quando:
1. O colesterol alto e/ou os triglicerídios no sangue estão altos.
2. A pressão arterial está alta.
3. Já ocorreu “derrame” ou enfarte.
4. Está presente a angina do peito. S. Há obesidade.
6. O paciente é portador de diabetes melito.
7. Há o vício do fumo.
8. Usa-se muito café.
9. Usa-se a pílula anticoncepcional.
10. A ingestão de sal é alta.
11. A ingestão de gordura, especialmente gordura saturado, é elevada.
12. O paciente é do sexo masculino.
13. Há casos na família.
14. O modo de vida é sedentário.
15. A personalidade é do tipo A, ou agitada, ansiosa, agressiva e tensa.

Prevenção da aterosclerose

Como a aterosclerose é, reconhecidamente, um dos maiores problemas de saúde do homem moderno, impõe-se atenção especial às medidas preventivas. Cremos que, já na escola, o assunto merece destaque. As crianças devem ser orientadas, entre outras coisas, a renunciar os vícios, praticar regularmente exercícios físicos e adotar dieta saudável.

Para adultos é importante estabelecer medidas de caráter educativo e profilático, que incluam campanhas antitabágicas, reeducação alimentar, controle da obesidade, hipertensão e diabetes, e exames médico-preventivos.

Infelizmente a maioria das pessoas não conhece ou não dá a necessária atenção a esse assunto. Por isso, a aterosclerose é hoje verdadeira tragédia de alcance mundial. Se nos ocuparmos em mudar hábitos e adotar estilo de vida saudável, é possível evitar a aterosclerose.

 

Tratamentos

O tratamento convencional pode ser útil em casos melindrosos, em que se deva driblar um risco de vida iminente. Mas sabe-se que pouco ou nenhum valor curativo apresenta. A aterosclerose é considerada controlável, porém irreversível.

O naturopata dá grande ênfase à prevenção. Mesmo depois de instalada a doença, é primordial corrigir hábitos errados. Recomendam-se alimentação correta, caminhadas, atitude mental serena, abandono do fumo, enfim, tudo o que já se disse sobre prevenção. Mas deve-se acrescentar a isso a desintoxicação profunda e o uso de certos recursos naturais simples no combate ao colesterol e à própria aterosclerose, como veremos adiante: cenoura, limão, berinjela etc.



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*