Câncer do Endométrio – Tratamento e Cirurgia

O câncer do corpo uterino, também chamado carcinoma do endométrio, desenvolve-se a partir da membrana que reveste a cavidade do útero. Essa membrana o endométrio é formada por células cilíndricas que constituem as glândulas uterinas, razão pela qual o tumor é classificado entre os adenocarcinomas.

As mulheres entre 55 e 65 anos são as vítimas mais frequentes desse mal, cujo índice de ocorrência vem aumentando nos últimos anos.

Diagnóstico e tratamento do câncer do endométrio

Como a perda de sangue pode ser causada por várias outras doenças uterinas, a confirmação do diagnóstico de câncer depende sempre de exames de laboratório. Destes, o mais seguro é o exame histológico (de tecido) da mucosa do útero. Para isso, realiza-se a biópsia (remoção de tecidos para fins diagnósticos) do endométrio, por meio da chamada curetagem de prova. A paciente é internada e recebe anestesia geral. Seu colo do útero é dilatado e efetua-se a escarificação (raspagem) da mucosa, obtendo-se, assim, uma amostra parcial ou total do tecido possivelmente afetado pelo câncer.

Às vezes, emprega-se uma cânula de extremidade serrilhada, com a qual se obtém, sem anestesia ou dilatação do colo, uma pequena “tira “do material a ser examinado. Mas esse processo apresenta uma margem de erro de 20%, sendo mais recomendável a biópsia de todo o endométrio. Algumas vezes faz-se também uma histerossalpingografla, que consiste na injeção de substância contrastante no interior do útero e das trompas, conseguindo-se modelar a cavidade uterina e revelar falhas que porventura existam no seu contorno, determinadas pela presença do tumor.

O tratamento mais indicado para o câncer do endométrio é a remoção cirúrgica do útero, juntamente com as trompas e os ovários. Além disso, pode-se completá-lo com a radioterapia, que consiste na aplicação de irradiação iônica, de cobalto ou rádio. Quando a paciente apresenta problemas cardiocirculatórios, pulmonares ou renais, de diabete ou outra enfermidade sistêmica grave, a cirurgia é desaconselhada. O tratamento restringe-se, então, à radioterapia, através da qual se..consegue, muitas vezes, destruir os tecidos cancerosos.

LEIA TAMBÉM:

 



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos