Cervicite – Sintomas e Tratamentos da inflamação do colo do útero

cervicite-inflamação do colo do útero

 

A cervicite recebe também o nome de inflamação do colo do útero. Casos há em que sem verdadeira infecção existem anormalidades no colo do útero, mas o mais frequente é que exista infecção ou que os transtornos sejam ainda consequência tardia da mesma.

Raras vezes a cervicite se deve a traumatismos (determinados por um colo uterino que sai para o exterior, (prolapso genital) coitos violentos ou muito repetidos, etc.), com muita frequência a cervicite crônica é favorecida pelas dilacerações do colo uterino produ­zidas durante o parto.

O colo uterino costuma estar aumentado de volume, irregular, de consistência dura, com pequenos quistos cheios de mucosidade, cha­mados “ovos de Naboth,” apresentando com frequência uma zona ver­melha chamada erosão, que descreveremos adiante, e uma mucosidade espessa, às vezes com pus.

 

Sintomas da Cervicite?

Casos há em que a paciente não sente nenhum mal-estar além do corrimento, e outros em que aparecem dores no baixo ventre e na parte baixa da coluna vertebral.

 

Erosão do Colo Uterino

Com certa frequência, rodeando o orifício do colo do útero, observa-se uma zona de cor mais vermelha e de superfície não tão lisa como o resto do colo. Este aspecto pode dever-se a diversas causas.

O caso mais frequente é o chamado ectrópio, em que o epitélio que reveste o canal do colo uterino se torna visível. Outras vezes há uma verdadeira erosão, isto é, descamação das camadas mais superficiais da mucosa que reveste o colo uterino. Raras vezes há uma verdadeira ulceração, ou seja, uma perda de substância bastante profunda e sem tendência para cicatrizar.

O médico pode distinguir entre as diversas espécies de erosão, e nos ca­sos duvidosos costuma extrair um fragmento para examiná-lo ao micros­cópio (Biópsia), a fim de determinar se há câncer ou não. As cervicites crônicas devem ser tratadas, pois em uma certa porcentagem de ca­sos há incidência de câncer do colo uterino.

 

Qual tratamento da cervicite?

O tratamento da cervicite crônica é determinado em cada caso pelo médico, podendo variar desde tratamentos muito simples (óvulos, tópi­cos, irrigações), até à amputação do colo do útero. Quando há também infecção, esta se combate por diversos meios locais e gerais. Com frequência se tratam as erosões com cauterizações por meio de um apare­lho de diatermia (ondas longas ou curtas).



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos