Glaucoma – Tipos: primário, crônico, irritativo e infantil – Tratamentos

O glaucoma é uma doença que se caracteriza pelo aumento da pressão no interior do olho, provocando deformações e enrijecimento do globo ocular, deficiências visuais transitórias e, eventualmente, cegueira.

A hipertensão do globo ocular decorre da excessiva acumulação de humor aquoso, um líquido produzido nas células do corpo ciliar, que se deposita entre a frise o cristalino. O desequilíbrio entre a produção, em excesso, e a absorção deficiente do humor aquoso gera a compressão das fibras nervosas do globo ocular, causando dor constante e Intensa.

Quando a hipertensão se instala, depois de ocorrerem alterações anatômicas ou infecções oculares, caracteriza-se um glaucoma secundário. Se ela ocorre espontaneamente, sem causas aparentes que a justifiquem, trata-se de um glaucoma primário, que constitui a maior parte dos casos dessa natureza.

Glaucoma

Glaucoma primário

O glaucoma primário atinge em geral as pessoas que já ultrapassaram os 50 anos. A ocorrência em jovens, ou glaucoma juvenil, é considerada excepcional. Mas a doença não distingue sexo, pois Já se comprovou estatisticamente que pode comprometer igualmente homens e mulheres.

Causas

As causas são ainda obscuras, mas sabe-se que a enfermidade se relaciona com perturbações endócrinas, com certos dados de constituição física e também com alterações funcionais dos vasos localizados no olho.

O glaucoma primário se apresenta em formas tão variadas que chegam a parecer doenças diferentes. Não só difere de acordo com o paciente afetado, como também apresenta evolução e sintomas distintos. Apesar disso, é considerado uma única entidade patológica, classificada sob várias formas.

Glaucoma crônico simples

A existência do glaucoma crônico simples se manifesta por meio de dois sintomas básicos: a sensação de que as coisas vistas estão imersas em névoa e a restrição do campo visual. O paciente consegue ler bem, mas tem de tatear o solo à procura de um objeto caído, por exemplo, porque seus olhos não podem abranger toda a extensão de espaço em torno do ponto em que eles se firam.

O exame oftalmológico revelará que a tensão do olho está aumentada e que se eleva em ritmo constante, embora lento. Nessa forma de glaucoma, a evolução é geralmente indolor e lenta, mas acaba levando à cegueira.

Glaucoma Irritativo

exame-causas-glaucoma-irritativo

A pessoa acorda pela manhã sentindo dor de cabeça, mas a sensação se atenua pouco depois de levantar-se. Durante a manhã toda, uma névoa passageira toma as Imagens difusas, mas também esse sintoma desaparece por volta do meio-dia.

À tarde, as luzes parecem decompor-se em feixes coloridos. A acuidade visual do paciente geralmente é afetada. Durante essas crises, a visão se reduz a uma percepção grosseira dos objetos próximos ou distantes.

Veja também: Olhos Cansados – Vista cansada, ardendo e embaçada?

Distribuição anormal dos vasos sanguíneos em torno da córnea e uma ligeira descamação do epitélio transparente que a reveste são alterações características dessa forma de glaucoma. A tensão interna do globo ocular sofre oscilações, ao contrário do que acontece no glaucoma simples.

Durante a evolução da doença, é possível que ocorram crises dolorosas de hipertensão ocular, mas nessa circunstância o prognóstico é favorável.

A possibilidade de evolução grave é a de que a enfermidade venha a assumir a forma crônica, que conduz inevitavelmente à cegueira A terapia, no caso do glaucoma Irritativo, é essencialmente cirúrgica.

Glaucoma Agudo

Mulheres na faixa etária dos 50-70 anos são as vitimas mais comuns da forma aguda de glaucoma, doença que acomete pessoas aparentemente sadias, sem nenhum distúrbio perceptível de visão. Certas crises que prenunciam o glaucoma agudo alguns meses ou mesmo anos antes do verdadeiro ata que são perturbações muito vagas, insignificantes para o paciente.

Veja também: Olhos Vermelhos: Vermelhidão por irritação, sol ou água

A verdadeira crise do glaucoma agudo, no entanto, vai manifestar-se deforma repentina e intensa, em geral à noite ou nas primeiras horas da manhã a dor de cabeça é tão penosa que faz o paciente acordar. A dor aumenta e passa da fronte à órbita e ao próprio olho. Alguns pacientes descrevem a experiência em termos dramáticos: parece que o olho vai romper-se ou rolar da órbita, tão Intensa a hipertensão. Sobrevêm geralmente náuseas e vômitos, seguidos de prostração.

A crise de glaucoma agudo pode ser a primeira manifestação de uma forma glaucomatosa que se desenvolve até a cegueira (glaucoma fulminante). num processo ponteado por dores Intensas.

Glaucoma Infantil

glaucoma-infantil
Os dispositivos incumbidos de absorver os excessos de humor aquoso podem não apenas ser afetados por processos patológicos, como também apresentar malformações congênitas. Nesse daso, o glaucoma ocorre na primeira infância e se caracteriza por defeitos anatômicos.

O olho da criança, porém, é normalmente mais elástico que o de uma pessoa adulta. O aumento de tensão, portanto,faz aumentar o volume do globo ocular.

 

Tratamento para Glaucoma

O tratamento clínico do glaucoma envolve observação de determinados cuidados e medicação constante. Esses cuidados visam a suprimir fatores de perturbação da pressão sanguínea, que interfere diretamente sobre a produção de humor aquoso.

Incluem, portanto, hábitos de vida moderados, e algumas restrições alimentares. A medicação baseia-se em drogas de aplicação local que determinam a contração das pupilas. A mais comum é a pilocarpina, mas outras substâncias de efeitos semelhantes, os chamados mióticos, são comumente prescritas.

Se o processo se agravar, o especialista determinará o recurso da intervenção cirúrgica, que consiste nas chamadas operações fistulizantes.

Através de uma abertura artificial  o médico poderá drenar o excesso de líquido acumulado no interior do globo ocular e, assim, aliviar a hipertensão ocular. A abertura dessa nova via de saída, porém, apenas corrige unta das manifestações da doença. Não detém definitivamente o processo.

Outra possibilidade cirúrgica existente é a de tentar diminuir a produção de humor aquoso através da cauterização parcial dos corpos ciliares.

No caso do glaucoma infantil, a ameaça permanente de ruptura do globo ocular pode exigir a extirpação do olho afetado (cirurgia de enucleação).

Leia também: Exame de Vista – Como funciona? Tipos de Exames dos olhos



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos