Psoríase – O que é? Tem Cura? Veja os Tratamentos

Esse tipo doença causa muita curiosidade nas pessoas justamente por não ser tão debatida. É comum a dúvida “O que é psoríase”. Então resolvemos fazer um artigo especial sobre essa doença.

A Psoríase é uma doença crônica da pele, não contagiosa, que produz áreas arredondadas, secas e escamosas de diferentes tamanhos, cobertas de escamas brancas, cinzas ou brancas prateadas. Se você sofre desta doença incurável, com toda segurança não é o único.

Causas da Psoríase

A psoríase não somente é comum, mas também é muito misteriosa, já que parece que existem poucas “absolutas”. Os médicos não estão seguros do que a causa, mesmo que acreditem que tende a aparecer em família. No entanto, você pode ter psoríase e em sua família não haver história da doença. Pode aparecer em qualquer idade, mas ataca mais frequentemente entre os 25 e os 50 anos. Também se tem diagnosticado em crianças e bebês.

A psoríase inclusive se comporta de forma misteriosa. Algumas vezes pode ser muito leve, com somente algumas erupções. No entanto, no dia seguinte, o corpo pode estar totalmente coberto com grandes áreas de psoríase. O tratamento é difícil porque o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra, e os tratamentos que deram certo frequentemente deixam de dar certo ou vice-versa.

publicidade

Sintomas da Psoríase

O que os médicos sabem é que qualquer que seja a causa da psoríase, de alguma maneira ela altera a produção de células de reimplante da pele, as que começam a produzir-se em excesso. Algo faz com que a camada superior da pele cresça em excesso. Normalmente, as células da pele levam ao redor de 30 dias para emigrar até a superfície. Com a psoríase, levam de três a quatro dias.

Este crescimento acelerado é o que causa as áreas escamosas, chamadas placas. Há vários tipos de psoríase, mas o tipo que forma placas (chamada psoríase de placas) é a mais comum. As placas podem aparecer em qualquer parte do corpo. No entanto, as mais comuns ocorrem no couro cabeludo, na parte inferior das costas e sobre os cotovelos, os joelhos, e nas juntas. Quando a psoríase afeta as unhas das mãos e dos pés, causa coceiras e manchas de cor marrom, e algumas vezes as unhas se quebram e se levantam.

Tem Cura?

Ainda que atualmente não exista cura para a psoríase, há algumas medidas que facilitam o convívio com a doença.

publicidade

 

psoriase

 

Tratamentos para Psoríase

Não desista

A psoríase não coloca sua vida em perigo, mas pode ser altamente frustrante. Os especialistas de pele dizem que uma atitude positiva, de não deixar-se vencer, pode ajudar a pessoa com psoríase a ter alívio. Uma vez a Fundação Nacional da Psoríase realizou uma pesquisa e descobriu que 75 por cento de seus membros haviam perdido a esperança e deixado de tratar de sua psoríase. A medicina está produzindo tratamentos novos todos os dias, e alguns dos tratamentos velhos que não funcionaram bem no passado talvez possam funcionar agora.

Use hidratantes

Se a pele fica seca demais, pode rachar e sangrar. Isso também faz com que a pele seja suscetível a infecções secundárias. A solução é não deixar nunca que a pele se resseque. Os hidratantes também reduzem a inflamação, ajudam a manter a flexibilidade (as placas secas podem dificultar o movimento de certas partes do corpo), evitam que a psoríase piore, e tornam menos visíveis as escamas. Os hidratantes mais espessos funcionam bem para conter a água na pele.

Os hidratantes espessos como Eucerin, Aquaphor, e a Neutrogena Norwegian Formula Hand Cream, são todos bons. Mas você também pode usar coisas mais baratas como óleo para cozinhar, manteiga, ou vaselina. Eu digo a meus pacientes que a Vaselina funciona tão bem como qualquer outra coisa. Ajuda a evitar que a pele se resseque e rache.

Saia para tomar sol. Uma grande quantidade de pessoas com psoríase sara suas lesões com a exposição ao sol. Eu aconselho a pessoa que vá para praia.

Mesmo que os médicos não estejam exatamente seguros da atuação dos raios ultravioletas, parece que estes retardam a multiplicação das células da pele. Por muitos anos, as pessoas tem ido em massa ao Mar Morto para tratar sua psoríase. A 430 metros abaixo do nível do mar, os raios solares no Mar Morto são únicos. Algumas pessoas creem que a melhora da psoríase pode se dar devido a água do Mar Morto, mas têm tentado levar a água para outros lugares e não funciona. São os raios do sol.

Mesmo que você talvez não possa programar suas próximas férias para ir ao Mar Morto, aproveite os efeitos curativos do sol. No entanto, tenha cuidado para não se queimar, porque isso prejudica a pele. Sugere-se revestir as escamas com Vaselina ou óleo mineral antes de tomar sol.

Ilumine sua vida. A terapia com luz ultravioleta B (UVB), também chamada fototerapia pode ser administrada em casa. Segundo a Fundação Nacional da Psoríase, há estudos que tem mostrado que 80 por cento dos que sofrem de psoríase tem bons resultados com a terapia de UVB. As lâmpadas caseiras são parecidas com as que se usam nos consultórios dos médicos. No entanto, não use uma lâmpada UVB em sua casa sem consultar antes seu médico.

Tenha muito cuidado para não se queimar, e frequentemente sua pele deve ser examinada por um médico que possa reconhecer o câncer de pele. A Fundação Nacional da Psoríase oferece as seguintes orientações para comprar as lâmpadas UVB caseiras:

  • Procure dispositivos de segurança como interruptores com chave ou interruptores desativantes que evitam que a máquina seja usada quando o dono não está perto.
  • Certifique-se de que a unidade tenha um relógio automático confiável e preciso.
  • Revise-a para assegurar-se de que tem protetores de segurança ou grades sobre as lâmpadas.
  • Procure um equipamento que seja estável e duradouro.
  • Pergunte se existem bulbos de reposição e quanto custam.

Tome um banho de banheira

Tomar uma ducha, nadar, tomar um banho de banheira, e aplicar compressas úmidas podem reidratar uma pele muito seca, e ajudar a eliminar as placas grossas e escamosas de psoríase sem prejudicar a pele. Devido às escamas grossas poderem atuar como barreira tanto para os remédios como para a luz ultravioleta, é importante tirar com suavidade a maior quantidade possível de escamas. O banho de banheira de forma regular também ajuda a reduzir a coceira e o vermelhão das lesões. Mantenha a água morna em vez de quente (a água quente pode aumentar a coceira), e coloque um pouco de óleo (o óleo mineral é barato e funciona bem) na água para ajudar a secar.

Mesmo que banhar-se na banheira ajude a eliminar as placas escamosas, adverte-se que também extrai os óleos da pele, que é a proteção natural contra a perda de umidade. Para que evite ressecar a pele demais, ele recomenda que se coloque um hidratante com um emoliente espesso no seu banho.

 

imagem: psoripar

publicidade

Be the first to comment

Leave a Reply