Síndrome Do Intestino Irritado – Sintomas e Tratamentos

Como uma visita que chega sem anunciar-se justo nos momentos em que você está por sair, ou como aquela pessoa chata que o chama por telefone e não para de falar, a síndrome do intestino irritado ou SII, se apresenta quando e onde quer. De fato, provavelmente até a metade das pessoas que visitam o médico queixando-se de problemas digestivos tem o SII.

Sintomas

Como seu nome sugere, os sintomas do Síndrome Do Intestino Irritado são na realidade irritantes mas também podem ser dolorosos, já que num momento ataca a constipação e no momento seguinte, a diarreia, algumas vezes acompanhadas de inchação e câimbra. O que pode ser igualmente irritante é quando alguém lhe diz que “tudo está em sua mente”. Não pode estar mais equivocado. Não se tem encontrado causa ou cura para o Síndrome Do Intestino Irritado, também conhecido como cólon espástico, mas o que os especialistas da saúde sabem é que há maneiras de repelir esta abominável praga abdominal.

 

 Síndrome Do Intestino Irritado

 

Dicas e Tratamentos para Síndrome Do Intestino Irritado

Abaixo seguem algumas dicas para quem possui tal síndrome, porém, é importante a visita a um médico especialista antes de tomar qualquer ação.

Faça um diário

Isto é importante para ajudar tanto a você quanto ao seu médico a determinar qual poder ser a causa de seu mal-estar ou quais podem ser os fatores que o agravam. Por uma ou duas semanas, faça um diário do que comeu, o estado de ânimo em que está, a tensão emocional que está sentindo, e como está seu estômago. (As mulheres também devem anotar as datas de suas menstruações, já que algumas mulheres sofrem de maneira mais aguda do SII ao redor da data de seus períodos). O diário tem muitos benefício. O mais importante, é que todos os fatores que participam no SII podem ser modificados. Por exemplo, ao escrever suas tensões emocionais, você pode determinar com precisão suas causas, e como resultado poderá tomara ação necessária para trocar uma circunstância que lhe produz tensão. Também poderá reduzir ou eliminar certos alimentos que possam agravar os sintomas.

Aprenda a relaxar-se

Em 34% das pessoas que sofrem do SII, a tensão emocional agrava os sintomas. De fato, alguns dos que padecem do mal tem os ataques mais sérios de Síndrome Do Intestino Irritado pouco depois de uma situação tensa. O primeiro passo em aprender a se relaxar é, principalmente, estar consciente de quando seus músculos estão tensos, para assim relaxá-los. Para que você consiga isso, faça o relaxamento progressivo dos músculos. Com esta técnica, você tenciona e depois relaxa cada um dos grupos de músculos de todo o corpo. “Desta maneira”, “você vai se dar conta de como se sentem seus músculos quando estão verdadeiramente relaxados, e assim vai se dar conta quando não estiverem”. Mesmo que esta técnica pode ajudar algumas pessoas, o melhor que você pode fazer é experimentar diferentes métodos de relaxamento, e ver qual funciona melhor para você. Algo tão simples como uma massagem ou ler pode ajudar você.

Esteja preparado para enfrentar a situação

Frequentemente, as pessoas veem o mundo em branco e preto, ao invés de em tonalidades de cinza. São lentos para algum compromisso ou negociação e esperam perfeição absoluta deles mesmos e dos demais. É uma atitude negativa que pode ter um efeito negativo no sistema digestivo. De fato, as pessoas que têm uma atitude positiva com respeito a vida pode manter-se mais sã e não padecer tão intensamente de Si.

Visualize-se a si mesmo num ambiente sem tensões

A formação mental de imagens também pode ter um efeito positivo. Feche os olhos e evoque uma cena relaxante. Também pode experimentar as fitas gravadas para relaxamento, com sons ou música suave, e que podem ajudar a visualizar cenas relaxantes.

Acrescente exercícios à sua rotina

O exercício aumenta o movimento peristáltico, o que basicamente significa de que ajuda a que o sistema digestivo funcione de forma correta. O exercício também ajuda a sua saúde mental já que dá à pessoa que padece de SII “algo em que colocar sua atenção, diferente do que o mal-estar. O efeito de bem estar que dá o exercício também está relacionado com a liberação de endorfinas, hormônios que ajudam a controlar a dor. Mas não se exceda, adverte, porque demasiado exercício pode causar diarreia. Por exemplo, se sabe que os corredores de longas distâncias têm padecido dela.

Respire fundo quando esteja tenso

Esta é a maneira mais rápida e mais fácil de liberar a tensão de seu corpo quando você não pode sair e correr para fazer exercício ou tomar tempo para se relaxar. Respire fundo e lentamente, deixando que seu peito se levante e abaixe lentamente, e com determinação.

Dieta – Intestino Irritado

Mesmo que não tenha sido encontrado que nenhum alimento cause a síndrome do intestino irritado (SII), alguns alimentos podem agravar a condição. No entanto, não todos os que padecem do Síndrome Do Intestino Irritado são afetados negativamente pelos mesmos alimentos. Aqui apresentamos uma lista dos tipos de alimentos que podem contribuir em seus sintomas. Coloque a prova esses alimentos que você suspeite e elimine-os de sua dieta, experimente um tipo de cada vez para ver se você se sente melhor, e anote os resultados no seu diário.

Produtos lácteos. Algumas pessoas que padecem do Síndrome Do Intestino Irritado também tem intolerância a lactose . Isto significa de que não podem digerir a lactose, o açúcar que se encontra no leite e em outros produtos lácteos. (O iogurte e os queijos duros não parecem que causem nenhum sintoma porque as bactérias que contêm convertem uma grande parte da lactose em ácido láctico antes de que seja consumido). Para averiguar se você tem na realidade intolerância a lactose, um médico pode fazer um teste simples para determinar se você é ou não. Se você tem intolerância a lactose, pode conseguir a enzima láctea em forma de tabletes e mesmo em alguns produtos alimentícios para ajudar a aliviar os sintomas. Os produtos lácteos do leite integral também contêm gordura, que pode ser irritante. Ao invés deles prefira produtos elaborados com leite semidesnatado ou desnatado.

Produtores de gases. O que menos necessita quem padece do SII é mais gás. Entre os produtores de gases estão: as cebolas, os feijões, o brócolis, as couves de Bruxelas, o repolho, os pimentões vermelhos e verdes, e as bebidas gasosas.

Comidas condimentadas. Não use condimentos em suas comidas e veja se isso tem algum efeito.

Produtos de trigo. Os que acham que os alimentos que contêm trigo são um problema devem consultar seu médico para saber como podem manter ou aumentar seu consumo de fibra sem usar trigo.

Frutas cítricas. De todos os tipos de frutas, as variedades cítricas, como as laranjas e as tangerinas, parecem ser as responsáveis mais comuns.

Açúcar. Algumas pessoas que padecem de 511 têm o que se conhece como intolerância à frutose, um açúcar.

Chocolate. Não somente contém cafeína, se não também quantidades grandes de açúcar e gordura.

Gomas de mascar e guloseimas sem açúcar. Especificamente, as elaboradas com sorbitol podem agravar os sintomas do SII porque este adoçante artificial não é digerível.

Coma mais devagar. Se você somente engole sua refeição, é mais provável que engula ar, que pode causar gases. Mascar chicletes também pode ter o mesmo efeito.

Coma várias refeições pequenas. As refeições grandes podem sobre carregar o sistema digestivo, o que causa câimbra e diarreia, segundo o Instituto Nacional da Saúde. As refeições menores e mais frequentes durante o decorrer do dia são mais fáceis de controlar por parte do organismo.

Aumente seu consumo de fibra. A fibra, é bem conhecida como auxilio para aliviar a constipação, e também pode aliviar alguns sintomas do intestino irritado. Mas aumente seu consumo gradualmente. A medida de que o organismo se ajusta à fibra adicional, é comum sentir-se inchado, o que vai desaparecer depois das primeiras duas a quatro semanas. O importante é manter-se com uma dieta que inclua fibra”. E certifique-se de beber muitos líquidos, especialmente água, ela acrescenta. As frutas frescas e as verduras, e os pães e cereais integrais também são boas fontes de fibra.

Reduza a cafeína. A cafeína, que se encontra em café, chá, refrigerantes com cafeína, podem estimular os intestinos. Também se sabe que a cafeína causa acidez e câimbra abdominais.

Reduza as gorduras de sua dieta. Os alimentos gordurosos são muito mais difícil de digerir. Estes incluem as carnes gordurosas, a manteiga, e os óleos.

Vigie o uso de laxantes. O uso excessivo de laxantes que contêm estimulantes pode danificar os intestinos. No entanto, os laxantes com base de magnésio são relativamente de pouco risco (exceto para as pessoas com problemas nos rins). Leia as bulas.

Reduza seu consumo de álcool. Em quantidades grandes, o álcool pode causar diarreia.

Não fume. Pode ter algum efeito no movimento do sistema digestivo.

Inicie um grupo de autoajuda. Frequentemente, as pessoas com SII se sentem como que se estivessem sofrendo sozinha. Para ajudar aos que sofrem da síndrome a que se ajudem a si mesmos e entre si, nos EUA se tem iniciado grupos de apoio. Se você gostaria de começar um em sua área, aqui está como obter informações sobre como estabelecer, fazer publicidade, e controlar um grupo.



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*