Dicloridrato de Cetirizina – Para que serve? Efeitos, Contra-indicações – Bula

O Dicloridrato de cetirizina é um dos componentes usados em medicamentos para tratamento de doenças específicas, sendo muito utilizado pela indústria farmacêutica. Para saber mais detalhes, fique de olho no nosso post.

O que é Cetirizina?

Consiste em um medicamento definido como anti-histamínico, sendo comercializado principalmente pelos seguintes nomes: Zyrtec, Zysterc – D, CetiHexal, entre outros.

Para que serve Dicloridrato de Cetirizina?

O Dicloridrato de Cetirizina é principalmente utilizado para tratamento da rinite alérgica sazonal e urticária.

Contra-indicações

O remédio Dicloridrato de cetirizina não é indicado nos seguintes casos:

Pessoas alérgicas a qualquer componente da fórmula;

Indivíduos que sofrem de insuficiência renal ou hepática grave;

Pessoas que sofrem de condições hereditárias raras de intolerância à galactose, deficiência de lactase de Lapp ou má absorção de glicose-galactose;

Crianças menores de 12 anos;

Gestantes e lactantes deverão obrigatoriamente consultar o médico antes de ingerir esse medicamento.

Dicloridrato de cetirizina

Efeitos colaterais do remédio

  • Sono excessivo;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Boca seca e sede intensa;
  • Dificuldade ao urinar;
  • Insuficiência hepática;
  • Desconforto visual.

É preciso recorrer ao médico antes de tomar?

Sim! Somente um dermatologista poderá fazer um diagnóstico preciso quanto ao problema do paciente, prescrever o melhor remédio, seja ele o Cetirizina o outro, e a dosagem ideal.

Além disso, é imprescindível investigar as causas do problema, sendo muitas vezes solicitada a realização de exames laboratoriais.

Quais são as causas mais comuns das alergias?

De forma geral, os processos alérgicos estão relacionados a questões orgânicas (do próprio corpo), ao ambiente e também a fatores psicológicos, sobretudo no caso da urticária.

alergia-Dicloridrato de cetirizina

Alimentação

Diversas pessoas naturalmente apresentam um organismo mais sensível a certos tipos de alimentos que, quando ingeridos, acabam provocando reações alérgicas.

Além disso, não é novidade que a indústria alimentícia coloca uma série de componentes químicos nos alimentos, fazendo com que as pessoas demorem a identificar a causa da alergia.

Entre os itens mais comuns quanto às alergias causadas por alimentos (industrializados ou não), estão:

  • Peixes e frutos do mar;
  • Ovos;
  • Leite e seus derivados;
  • Conservantes, aromatizantes, acidulantes, corantes e demais elementos químicos utilizados em alimentos industrializados.

É preciso observar atentamente se a alergia costuma ocorrer após consumo desses ou de outros alimentos.

Poeira e/ou ácaros

Esses são outros grandes vilões no que diz respeito aos processos alérgicos, sobretudo no caso da rinite.

Tanto a poeira quanto os ácaros acumulados principalmente em cortinas de tecido, tapetes, bichinhos de pelúcia, cobertores e edredons que estão guardados a muito tempo etc., provocam a rinite alérgica.

Por isso, é indispensável que os ambientes domésticos e profissionais sempre estejam bem limpos, sendo necessário utilizar um aspirador para limpar cortinas, tapetes, carpetes, bichinhos de pelúcia etc.

Também é recomendável deixar colchões, cobertores, almofadas, edredons e travesseiros um tempo no sol. Outra recomendação básica é de que os ambientes estejam sempre bem iluminados e arejados, sobretudo quando ele é divido com mais pessoas.

Alterações no funcionamento da tireoide

O bom funcionamento da glândula tireoide é imprescindível para a saúde hormonal do organismo. Desequilíbrios nela podem causar diversos problemas no corpo e também provocar processos alérgicos.

Por isso, ao investigar as causas de alergias, é necessário fazer exames com o objetivo de verificar o funcionamento da tireoide.

Utilização de produtos químicos

Seja em casa ou no caso de pessoas que trabalham na área de limpeza de casas, escritórios, empresas ou carros, muitas vezes são utilizados diversos tipos de produtos químicos (que podem ser dos mais simples aos mais pesados).

O uso intenso ou inadequado desses produtos (sem a devida proteção) ou simplesmente a sensibilidade da pele quanto a eles pode desencadear processos alérgicos.

É importante observar se certas reações na pele, como inchaço, coceira e vermelhidão estão ocorrendo mediante uso de algum produto químico.

Uso de determinados produtos de higiene pessoal

De acordo com a sensibilidade natural de cada organismo a certos componentes químicos, é natural que as pessoas apresentem alergias ao utilizarem determinados tipos de produtos de higiene pessoal, tais como sabonetes, cremes de barbear, hidratantes, shampoos, condicionadores, perfumes, antitranspirantes,  protetor solar etc.

Também nesse caso é preciso observar com atenção, substituindo o uso desses produtos por outros mais adequados ou até mesmo por aqueles manipulados, receitados pelo dermatologista.

Uso de maquiagens

Muitas pessoas são mais sensíveis quanto a produtos de maquiagem. Nesse caso, recomenda-se não utilizá-los ou utilizar apenas aqueles que não causam problemas.

É preciso enfatizar que as alergias quanto ao uso desses produtos também podem ocorrer em virtude da qualidade ruim. Portanto, para quem gosta de maquiagem, o ideal é optar por produtos de melhor qualidade e sempre observar se eles foram dermatologicamente testados.

Uso de algumas bijuterias

Brincos, pulseiras, anéis, colares e até mesmo relógios podem conter materiais que, em contato com a pele, provocam alergias em determinados locais.

Para quem possui a pele sensível a bijuteria, recomenda-se priorizar o uso de brincos, colares, anéis ou pulseiras em prata, ouro ou confeccionadas com materiais não metálicos.

No caso de relógios, é interessante priorizar o uso de pulseiras de couro ao invés das metálicas ou deixar de usar esse acessório caso a alergia persista.

Contato com animais

Muitas vezes o contato com animais, principalmente gatos e cães, está associado a processos alérgicos.

Por isso, no caso de crianças ou adultos que sofram de alergias em contato com esses animais domésticos, o ideal é não tê-los em casa.

Picadas de insetos

Uma simples picada de inseto pode causar reações alérgicas que vão das leves às mais graves. Portanto, também é necessário ficar atento, afastando-se de locais com maior incidência de insetos e não descuidar do uso do repelente.

Além de tratar das causas físicas das alergias, também é recomendado investigar se elas não estão associadas a questões emocionais, principalmente no caso de urticárias.

Períodos de grande estresse, episódios de ansiedade, quadros depressivos etc., podem estar relacionados a crises alérgicas.

Portanto, além de contar com um dermatologista e fazer uso de medicamentos como Dicloridrato de Cetirizina, é indispensável consultar um psicólogo e expor a situação. Por meio de sessões terapêuticas é possível chegar às causas psicológicas do problema, que geralmente estão ocultas.

Bula da Cetirizina

Clique aqui para baixar a bula do Dicloridrato de Cetirizina.

Valor – Preço Médio

O preço médio do Dicloridrato de Cetirizina 10mg Genérico Medley 12 Comprimidos varia entre 18 à 30 reais.



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos