Losartana – Para que serve? Contra-indicações e Efeitos – Bula

Embora muitas pessoas já tenham ouvido essa palavra na área médica, poucas delas sabem exatamente no que o remédio Losartana consiste e para quais situações ele é indicado. Para saber a resposta a essas perguntas, confira nosso artigo.

losartana-potassica

O que é Losartana?

Também conhecido como Losartan, trata-se de um medicamento pertencente ao grupo dos antagonistas dos receptores da angiotensina, sendo fabricado pelo laboratório Medley.

Indicações: Para que serve o Losartana?

Esse medicamento é indicado para o tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca (enfraquecimento do coração), sendo também em alguns casos ministrado para prevenir AVC – Acidente Vascular Cerebral e para auxiliar na recuperação dos pacientes após episódios de ataques do coração.

Apresenta alguma contra-indicação?

Sim. Ainda que esse medicamento seja eficaz no tratamento dos problemas de saúde mencionados, ele não é indicado nas seguintes situações:

  • Gestantes;
  • Lactantes (mulheres que estão amamentando);
  • Crianças;
  • Pessoas alérgicas a qualquer um dos componentes da fórmula desse medicamento;
  • Indivíduos com problemas no fígado;
  • Pessoas diagnosticadas com diabetes ou que sofrem de insuficiência renal e estão tomando algum medicamento que contenha aliscireno para reduzir a pressão arterial;
  • Pessoas que tiveram o rim recentemente transplantado;
  • Indivíduos que apresentam estreitamento ou bloqueio dos vasos sanguíneos que chegam aos rins.

Atenção: não é recomendado que as pessoas dirijam veículos ou operem máquinas enquanto estiverem ingerindo o Losartana.

Quais são os efeitos colaterais do remédio?

Assim como a maioria dos medicamentos, o Losartana também apresenta alguns possíveis efeitos colaterais, que são:

  • Episódios de desidratação;
  • Náuseas e/ou vômito;
  • Diarreia;
  • Tontura;
  • Cansaço;
  • Urticária (um tipo de alergia na pele);
  • Alteração no paladar;
  • Maior sensibilidade da pele ao sol;
  • Aumento do nível de potássio no sangue.

 

É necessário acompanhamento médico?

Sem sombra de dúvidas. Inclusive, pessoas que sofrem de hipertensão ou qualquer tipo de problema cardíaco devem ter acompanhamento frequente com um cardiologista.

Somente esse especialista poderá prescrever o melhor medicamento de acordo com o histórico e quadro clínico do paciente, indicando também a dosagem adequada.

Para avaliar em detalhes o estado de saúde do paciente é necessário fazer uma bateria de exames de laboratório e imagem, examinando o coração e o organismo como um todo, principalmente como andam os níveis de colesterol, triglicerídeos, glicemia etc.

Vale ressaltar que durante a consulta, o cardiologista deverá ser informado de todos os detalhes, inclusive se o paciente faz uso de algum medicamento, seja ele ou não contínuo.

Além de tomar o Losartana, caso seu médico recomende, é necessário cuidar de seu coração. Confira algumas dicas úteis.

Cuidados essenciais quanto à saúde do coração

saude-coracao-losartana

Tanto para prevenir e tratar a hipertensão quanto uma série de problemas cardíacos, é fundamental:

Cuidar da alimentação

A má alimentação e o excesso de açúcar e gordura são os grandes vilões da saúde do coração. Por isso, é indispensável que seja estabelecido um compromisso diário quanto aos cuidados no cardápio, que são:

Diminuir o consumo de sal

Pelo fato de o sal ser rico em sódio (substância responsável pelo aumento da pressão arterial), é imprescindível reduzir o consumo dele.

Para isso, recomenda-se substituir o sal convencional pelo sal marinho (que é mais saudável) e também evitar consumir temperos industrializados como por exemplo, caldo de legumes, carne, galinha etc., já que eles possuem alta concentração de sódio.

Evitar bebidas estimulantes

Bebidas estimulantes como café e refrigerantes à base de cola devem ser evitadas ou ingeridas com bastante moderação, já que elas intensificam os batimentos cardíacos.

Substituir a carne vermelha por peixe ou frango

A carne vermelha, sobretudo com aquela faixa de gordura, é um veneno para a saúde do coração.

Recomenda-se substitui-la por peixes ou frango, preferencialmente assados, cozidos ou grelhados (nunca fritos).

Ingerir mais fibras

Não é por acaso que médicos e nutricionistas são unânimes ao recomendarem o consumo de fibras. O motivo é que elas promovem uma verdadeira faxina na corrente sanguínea, eliminando o excesso de gordura e açúcar do organismo.

Desse modo, além de diminuir os níveis de colesterol ruim e reduzir as taxas de glicose, o consumo de fibras auxilia no controle do peso e também favorece o funcionamento do intestino.

Evitar bebidas alcoólicas

O álcool está longe de ser um amigo do coração. Por isso, é necessário reduzir ao máximo o consumo de bebidas alcoólicas, priorizando sucos naturais, chás, água de coco etc.

Comer mais frutas, verduras e legumes

O consumo de frutas, verduras e legumes é essencial no dia a dia. Além de serem altamente nutritivos, eles são de fácil digestão, auxiliam no emagrecimento e são fundamentais para manter o organismo saudável e bem disposto.

Esses alimentos atuam na diminuição do colesterol ruim, dos triglicerídeos, da glicose e demais substâncias nocivas ao organismo, prevenindo naturalmente uma série de doenças.

Beber 2 litros de água todos os dias

A água é crucial para a saúde. Justamente por isso, médicos e nutricionistas recomendam ingerir 2 litros todos os dias, já que ela limpa naturalmente o organismo, mantendo o corpo hidratado e livre de diversas substâncias que, quando acumuladas na corrente sanguínea, podem causar uma série de doenças.

Abandonar o vício do cigarro

O cigarro é um dos principais vilões da saúde. Por este motivo, quem deseja ter um coração saudável e reduzir os riscos de infarto, hipertensão e muitas outras doenças, é imprescindível abandonar de vez esse vício.

Ter uma atividade física

É importante ressaltar que antes de iniciar qualquer tipo de atividade física o médico deverá ser obrigatoriamente consultado, pois ele irá liberar o paciente para exercícios de acordo com seu estado de saúde.

A atividade física pode ser de leve a moderada. O importante é evitar o sedentarismo, outro dos principais fatores de risco no que se refere à hipertensão e demais problemas cardíacos.

Ter atividades prazerosas

A alegria e o bem-estar são dois grandes aliados da saúde do coração. Por isso, é essencial incluir no dia a dia, atividades que proporcionem esses sentimentos.

Essas atividades podem ser: pescar, cuidar de um jardim ou horta, passear com o animal de estimação, ler, cozinhar, fotografar, costurar etc.

Com todas essas informações, fica claro que, além de ter acompanhamento regular com um cardiologista e tomar o Losartana, é indispensável cuidar da saúde como um todo.

Bula do Losartana

Clique aqui para fazer download da BULA do remédio Losartana.

Valor – Preço Médio

O preço médio do Losartana varia de 5 à 12 reais.

Leia Também: