Prednisona – O que é, para que serve, contraindicações e efeitos colaterais

Considerado um dos medicamentos mais consumidos no Brasil, o Prednisona é recomendado para uma série de enfermidades, sendo indicado por diversos médicos. Para saber detalhes sobre ele, fique de olho no nosso post.

Prednisona – O que é?

prednisona

Trata-se de um medicamento pertencente ao grupo dos corticoides e comercializado pelo laboratório Medley, sendo disponibilizado no formato de comprimidos e também administrado em injeções.

De maneira geral, as propriedades desse medicamento apresentam efeito anti-inflamatório, antialérgico e anti-reumático.

Além de ser utilizado nos seres humanos, a fórmula desse medicamento é empregada em tratamentos veterinários.

 

 

 

Composição química dos comprimidos:

  • Prednisona;
  • Estearato de magnésio;
  • Amido;
  • Lactose monoidratada;

Prednisona – Para que serve?

De forma geral, esse corticoide é recomendado para o tratamento de:

  • Doenças das glândulas endócrinas (hipelcalcemia associada ao câncer, insuficiência adrenocortical primária ou secundária, tireoide não supurativa e hiperplasia adrenal congênita);
  • Distúrbios do colágeno (que geralmente afeta as defesas imunológicas);
  • Enfermidades ósseas e musculares (artrite reumatoide, osteoartrite, bursite, artrite psoriática, artrite gotosa aguda, fibrosite etc.);
  • Doenças de pele (dermatite, micose, psoríase, dermatite seborreia grave etc.);
  • Alergias (rinite alérgica, asma brônquica, dermatite atópica etc.);
  • Doenças oftalmológicas (inflamações e alergias oculares, conjuntivite, neurite ótica etc.);
  • Enfermidades associadas a problemas sanguíneos (anemia hemolítica, trombocitopenia idiopática etc.);
  • Problemas respiratórios (tuberculose pulmonar, beriliose etc.);

O Prednisona apresenta contraindicações?

Sim. Ainda que esse corticoide ofereça um tratamento eficaz para as doenças mencionadas acima, ele é contraindicado nos seguintes casos:

  • Pessoas que apresentam ou já apresentaram alergias a medicamentos com efeito corticoide;
  • Pessoas que sofrem de infecções sistêmicas ocasionadas por fungos.

Obs.: pessoas que sofrem de algum problema de saúde ou alergia a qualquer tipo de medicamento deverão obrigatoriamente informar o médico antes de iniciar o consumo desse medicamento.

Quais são os possíveis efeitos colaterais do Prednisona?

Com relação aos possíveis efeitos colaterais apresentados por esse medicamento, eles são:

  • Retenção de sódio de água (o que causa inchaço corporal);
  • Dor de cabeça;
  • Diminuição dos níveis de potássio (aumenta o risco de hipertensão);
  • Insuficiência cardíaca no caso de pessoas predispostas a essa situação;
  • Fraqueza e perda de massa muscular;
  • Aumento do risco de osteoporose;
  • Fraturas ósseas ou maior suscetibilidade a torções;
  • Úlceras estomacais com possível ocorrência de hemorragias;
  • Pancreatite;
  • Esofagite;
  • Aumento da pressão intracraniana;
  • Crises de convulsão;
  • Alterações no ciclo menstrual;
  • Problemas nos rins;
  • Aumento da pressão intraocular (aumento do risco de glaucoma);
  • Alterações no metabolismo;
  • Alterações de humor;
  • Sintomas depressivos;
  • Insônia;
  • Irritação.

É necessário consultar um médico para tomar Prednisona?

Sem sombra de dúvida. Somente um médico, mediante detalhada avaliação clínica e realização de vários exames poderá prescrever esse medicamento de acordo com o estado de saúde de cada paciente.

Ao médico caberá estabelecer a dosagem ideal e tempo necessário de tratamento.

Ao observar algum efeito colateral, o paciente deverá informar o médico imediatamente, podendo readequar a dosagem.

Como melhorar as defesas imunológicas de forma natural?

Tanto para prevenir ou para aqueles já diagnosticados com alguma doença ligada ao sistema imunológico, é fundamental:

Cuidar da alimentação

Pessoas propensas à baixa imunidade necessitam cuidar ao máximo da alimentação, buscando ingerir alimentos que fortaleçam o sistema imune e combatam naturalmente as inflamações. Esses alimentos são:

  • Alho;
  • Cebola;
  • Açafrão-da-terra;
  • Limão;
  • Gengibre;
  • Cogumelos;
  • Sementes de chia;
  • Sementes de linhaça;
  • Lichia;
  • Arroz integral;
  • Pão integral;
  • Uva;
  • Lentilha;
  • Feijão;
  • Grão de bico;
  • Iogurte natural;
  • Castanha-do-pará;
  • Espinafre;
  • Couve-manteiga;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Agrião;
  • Curry;
  • Abacaxi;
  • Laranja;
  • Tangerina;
  • Morango;
  • Blueberry;
  • Kiwi;
  • Acerola;
  • Peixes (sardinha, salmão, atum e arenque);
  • Rúcula;
  • Almeirão;
  • Água de coco;
  • Ovo (de galinha e de codorna);
  • Canela;
  • Manjericão;
  • Pimenta caiena;
  • Aveia;
  • Camomila;
  • Orégano;
  • Azeite de oliva extravirgem;
  • Óleo de coco.

Além de acrescentar esses alimentos no cardápio da semana, é interessante optar por comprar os vegetais, especiarias e ovos na versão orgânica, ou seja, sem adição de agrotóxicos.

Isso é fundamental para desintoxicar o organismo e fazer com que as vitaminas, minerais, fibras e demais substâncias sejam absorvidos pelo organismo.

Esses alimentos são cada vez mais acessíveis, sobretudo em feiras livres e de pequenos produtores.

medico-receitando

Ter um sono de qualidade

Noites revigorantes de descanso são essenciais para a saúde do sistema imunológico, pois durante o sono o corpo libera uma série de hormônios responsáveis por fortalecer o corpo, estimular o funcionamento dos órgãos, melhorar as atividades cerebrais etc.

Desse modo, para fortalecer a imunidade é fundamental dormir 8 horas todas as noites, definindo horários fixos para deitar e levantar.

Para pessoas que sofrem de insônia, é recomendável ingerir chás com propriedades relaxantes para favorecer o descanso. Os chás mais indicados para insônia são:

  • Jasmim
  • Camomila;
  • Maracujá;
  • Capim-cidreira;
  • Erva-doce;

Também é recomendável colocar no quarto aromatizantes naturais que favoreçam a sensação de bem-estar e relaxamento, tais como:

  • Lavanda (alfazema);
  • Jasmim;
  • Flor de Laranjeira;
  • Capim-cidreira;
  • Sândalo.

Cuidar das emoções

A saúde do sistema imunológico depende – e muito –, das emoções, já que eles interferem na atividade hormonal do organismo.

Para aprender a lidar melhor com os desafios próprios do dia a dia, é recomendável ter uma atividade que favoreça a sensação de bem-estar mental. Entre essas atividades estão:

  • Aulas de Yoga e meditação;
  • Sessões de aromaterapia;
  • Atividade física (desde que autorizada pelo médico);
  • Sessões de Reiki;
  • Cuidar de um jardim ou horta;
  • Fotografar;
  • Desenhar ou pintar;
  • Costurar;
  • Dançar;
  • Pescar etc.

Beber 2 litros de água todos os dias

Não é por acaso que a recomendação constante de médicos e nutricionistas é ingerir 2 litros de água todos os dias.

Esse líquido, além de hidratar o organismo, favorecendo também a saúde da pele, é primordial para eliminar diversos agentes como vírus, bactérias, fungos etc., os grandes vilões responsáveis pela ocorrência de infecções e enfraquecimento das defesas imunológicas.

Fazer acompanhamento médico regular

No mínimo uma vez ao ano é necessário fazer um detalhado acompanhamento médico, realizando exames com o objetivo de avaliar os níveis de nutrientes presentes no organismo, evitando a carência de vitaminas, minerais etc., que são cruciais para as defesas naturais do organismo.

Essas informações deixam claro que, além de utilizar um corticoide como o Prednisona, para adquirir maior saúde e tratar as doenças mencionadas é essencial readequar os hábitos, garantindo saúde a curto e longo prazo.

Bula do Prednisona

Para fazer download da bula clique aqui.

Preço Médio – Valor

O preço médio do Prednisona Corticorten 20 mg com 20 Comprimidos na ultrafarma varia entre 12 à 20 reais.

Imagens-  nursing.com.br                veja.abril.com.br



doencas Revelado: Como Prevenir e Curar Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o Real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Publicidade:

Mais Assuntos